Após o departamento jurídico derrubar a liminar do Real Noroeste, o Fluminense trabalhou rápido e, na tarde desta quarta-feira (24), conseguiu regularizar o zagueiro Nathan Ribeiro, os volantes Caio Henrique e Luiz Fernando e os atacantes Matheus Gonçalves e Yony Gonzalez.

Publicidade
Publicidade

Assim, a equipe das Laranjeiras virá com poucos desfalques para o compromisso de quinta, às 21h30 (de Brasília), no Elcyr Resende, em Bacaxá, diante do Americano, válido pela segunda rodada da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca.

Além de Pedro e Gilberto, que não atuam desde o segundo semestre do ano passado, o Tricolor não contará com o zagueiro Digão, o lateral-direito Igor Julião e o volante Dodi, todos com problemas musculares.

Regularizado, Marlon deve ser titular contra o Americano (Foto: Portal Torcedores)
Regularizado, Marlon deve ser titular contra o Americano (Foto: Portal Torcedores)

Desses, apenas os dois primeiros iniciariam como titulares. Em contrapartida, Bruno SIlva, que não treinou na última terça, recuperou-se de uma gripe e ficará à disposição do técnico Fernando Diniz.

Tendo um ponto, proveniente do empate de 1 a 1 com o Volta Redonda no sábado passado, no Maracanã, o Fluminense, necessitando da vitória para não se complicar na Taça Guanabara, irá a campo assim escalado: Rodolfo, Ezequiel, Matheus Ferraz, Roger Ibañez e Mrlon; Aírton, Bruno Silva (Caio Henrique) e Daniel; Luciano, Yony Gonzalez e Everaldo.

Publicidade

Ibañez assegura grupo focado e elogia treinador

Em entrevista concedida antes do treinamento realizado no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, Roger Ibañez tentou acalmar o torcedor. Segundo o zagueiro, o atual elenco, mesmo jovem, vem trabalhando firme desde a pré-temporada e tem total capacidade para levar o Fluminense a disputar grandes objetivos em 2019.

O defensor também fez questão de enaltecer o novo treinador da equipe das Laranjeiras. Para o defensor, Fernando Diniz tem ideias bastante inovadoras e o grupo, aos poucos, vem assimilando o estilo de jogo.

"É uma tática totalmente diferente. Sair com o toque de bola. O Fernando Diniz é um ótimo treinador, nos ajuda dando toques e mostrando como faz. Procuramos sempre prestar atenção no que ele fala para fazer melhor", concluiu.

Na sequência do Estadual, o Flu tem dois jogos consecutivos no Maracanã. No domingo, às 17h (de Brasília), enfrentará a Portuguesa. Na quarta, dia 30, a partir das 21h30 (de Brasília), o adversário será o Madureira. Na última rodada da fase de classificação da Taça Guanabara, o Tricolor, no dia 02 de fevereiro, irá ao Mané Garrincha, em Brasília, para o clássico contra o Vasco.

Publicidade

Leia tudo