O Fluminense irá enfrentar o Bangu nesta próxima sexta-feira (22), em partida válida pela primeira rodada da Taça Rio, às 21 h (horário de Brasília), no estádio do Maracanã.

Além de ser a estreia na Taça Rio, a partida marca também a estreia de Paulo Henrique Ganso com a camisa do Fluminense, a volta de Gilberto após 6 meses fora por conta de uma lesão no joelho esquerdo e a estreia do recém chegado Allan com a camisa Tricolor.

Torcida promete festa

A partida é de muita importância para a torcida do Tricolor Carioca, por conta da tão esperada estréea de Ganso no Fluminense. A torcida promete lotar o Maracanã e fazer uma bela festa com pó de arroz colorido com as cores do clube.

Publicidade

Informações sobre os ingressos

O Fluminense fez uma promoção de ingressos para a partida. Os ingressos no setor Sul e Leste estão sendo vendidos a R$ 40 a inteira e R$ 20 a meia. Nos camarotes o valor é R$ 150 para não sócios e R$ 100 para os sócios torcedores, além das promoções para os sócios torcedores que pode chegar até a 100% de desconto nos ingressos. Através de seus perfis oficiais nas redes sociais, o Fluminense divulgou os locais, as datas e os horários das vendas dos ingressos para o confronto.

Protestos dos jogadores por conta de salários atrasados

Além do importante duelo, o extra campo do tricolor está muito movimentado e conturbado nesta semana.

Nesta terça-feira (19), os jogadores do tricolor não compareceram ao treinamento, em forma de protesto por causa dos salários atrasados.

Em entrevista coletiva, Paulo Angioni, diretor-executivo de futebol, confirmou a paralisação e admitiu as pendências do clube.

O treino desta terça-feira (19) iria ser o primeiro depois da derrota para o Vasco no domingo, já que os jogadores ganharam folga na segunda-feira (18).

Publicidade

No dia 13 de fevereiro a diretoria do clube pagou os salários do mês de dezembro. Porém os jogadores ainda não receberam o salário de janeiro, o décimo terceiro, as férias referentes a janeiro, alguns prêmios dos jogadores e alguns meses de direito de imagem atrasados.

Angioni disse que a folha salarial do clube chega a R$ 4 milhões por mês. O Fluminense está com mais de R$ 33 milhões de venda de jogadores bloqueados na Justiça.

Paulo Angioni disse que os jogadores irão voltar aos treinamentos normalmente nesta quarta-feira (20) e a preparação para a partida contra o Bangu seguirá firme.