Após derrota pro Vasco, o Fluminense inicia preparações para encarar o Bangu. Neste último domingo (17), o Fluminense foi derrotado pelo Vasco da Gama na final da Taça Guanabara de 2019. Em final conturbada no Maracanã, o Tricolor foi derrotado pelo placar de 1 a 0.

Após a derrota, o Tricolor das Laranjeiras iniciou os treinamentos para encarar o Bangu. A partida será válida pela primeira rodada da Taça Rio, e acontecerá na sexta-feira (22), às 21h (horário de Brasília), no estádio do Maracanã.

Publicidade
Publicidade

A partida, porém, não marca somente o início da Taça Rio. O jogo também poderá marcar a estreia de Paulo Henrique Ganso com a camisa do Fluminense. O jogador chegou ao Flu procurando uma nova oportunidade de recomeçar no futebol brasileiro, e mostrar seu futebol.

Ganso já treina e pode fazer estreia contra o Bangu

O Fluminense não conseguiu inscrever o jogador na Taça Guanabara e nem na primeira fase da Copa Sul Americana, por conta do tempo estipulado pelas duas federações responsáveis pelas competições.

Publicidade

Por isso, a melhor chance de Ganso estrear será contra o Bangu, pela Taça Rio.

Mesmo com a ansiedade da torcida e do meia pela estreia o mais rápido possível, o técnico Fernando Diniz não assegurou a estreia. O técnico ainda não sabe se Ganso estará apto para a partida diante do Bangu.

Em entrevista concedida à impressa pela manhã desta segunda-feira (18). "Ainda não está confirmada a estreia de Ganso. Tem chances de estrear, do Gilberto voltar e do recém-chegado Allan estar a disposição", disse o treinador.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Fluminense

Outro assunto que conturbou a segunda-feira tricolor foi a denúncia sofrida por André Valentin, procurador-geral do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD- RJ). O Fluminense acabou denunciado no artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O Fluminense Football Club, caso condenado, poderá sofrer uma punição de exclusão do Campeonato Carioca de 2019.

Valentin pediu a suspensão preventiva do clube, mas foi negado por Marcelo Jucá, presidente do TJD, porém, o julgamento acontecerá normalmente, ainda sem data marcada para acontecer.

Em comunicado, Valentin disse que o tricolor foi para a Justiça Comum antes de ir para a Justiça Desportiva, comentou também que já encaminhou o material para o presidente do TJD-RJ.

Além do Fluminense, o presidente Pedro Abad também foi denunciado por André Valentin. O mandato de Abad foi enquadrado no artigo 243-D, que trata sobre incitar a violência ou o ódio em público. Caso o presidente do clube seja condenado, ele poderá sofrer uma punição de um a dois anos.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo