Anúncio
Anúncio

A última sexta-feira (8) marcou o dia mais triste da história do Flamengo. Um incêndio tomou conta de um alojamento no Ninho do Urubu, matando 10 atletas da categoria de base do clube e deixando outros 3 feridos.

Os jovens jogadores que morreram tinham entre 14 e 16 anos. Eles estavam dormindo no espaço quando a tragédia começou e não conseguiram sair do local a tempo.

O acontecimento provocou grande comoção no Brasil e no mundo. Várias celebridades postaram mensagens de apoio ao Flamengo e às Famílias das vítimas. Inúmeros clubes de Futebol, nacionais e internacionais, também prestaram solidariedade depois da tragédia. Até o presidente Jair Bolsonaro lançou nota lamentando o ocorrido.

Entretanto, Adriano Imperador, um dos maiores ídolos da história recente do clube, depois de declarar luto pelo acontecido, postou fotos em momento de descontração.

Anúncio

Em um dos posts, o ex-atacante aparece sorrindo. No outro, o imperador mostra foto de um vultuoso churrasco.

A atitude pegou mal entre os seguidores. Várias pessoas contestaram a falta de sensibilidade do jogador. Segundo a maioria dos comentários, o dia da maior tragédia da história do Flamengo não seria oportuno para postar fotos desse tipo, ainda mais vindo de um ex-jogador formado nas categorias de base do clube, que conviveu por muito tempo no Ninho do Urubu.

Ao tomar conhecimento das reações, Adriano apagou as fotos e postou uma mensagem de luto: "Eu fui criado na base do Flamengo... Meu Deus, qtos sonhos interrompidos! Que papai do céu receba esses meninos e conforte os corações do familiares...".

Anúncio

No entanto, a exclusão das fotos no momento de lazer e a postagem da mensagem de apoio não foram suficientes para acalmar uma grande parte dos seguidores. As mensagens de repúdio à atitude continuam. O termo "sem noção" é encontrado algumas vezes entre os comentários.

Time profissional se reapresenta vestido de preto e escuta discurso emocionante de Abel Braga

Por iniciativa dos próprios jogadores do Flamengo, a equipe profissional foi ao Ninho do Urubu, nesse sábado(9), com camisas pretas, expressando luto.

O elenco realizou apenas atividades físicas. Nenhum dos jogadores foi ao campo ou tocou em bola.

O treinador Abel Braga passou força a todos e expressou a sua solidariedade. Entretanto, também destacou a importância da união nesse momento.

Anúncio

Ademais, o técnico se emocionou ao lembrar da morte do seu filho, no ano passado