O Cruzeiro foi o primeiro time brasileiro a entrar em campo pela quinta rodada da Copa Libertadores da América. Jogando na Venezuela, na tarde desta terça-feira (23), o time mineiro derrotou o Deportivo Lara por 2 a 0 e segue com campanha irretocável na fase de grupos, com cinco vitórias em cinco jogos disputados e nenhum gol sofrido. Além disso, já estão com a classificação e a primeira posição do grupo assegurados.

Mesmo com a situação já definida, Mano Menezes não quis saber de pegar leve e mandou o time para o ataque.

Publicidade
Publicidade

Além dos brasileiros, os paraguaios Cerro Porteño e Libertad têm aproveitamento máximo na fase de grupos, e ter a melhor campanha geral significa poder fazer os jogos de volta do mata-mata em casa até a semifinal. A decisão será em jogo único, em Santiago, no Chile.

Jogando sem ter que enfrentar a pressão da torcida adversária, uma vez que o clube venezuelano ainda cumpre punição tendo que jogar com portões fechados devido a incidentes ocorridos no ano passado, em jogo contra o Corinthians, o time mineiro obedeceu as ordens do treinador e as primeiras grandes oportunidades foram do time azul, que nesta partida jogou todo de branco.

Fred voltou a marcar. (Divulgação/Vinícius Silva/Cruzeiro)
Fred voltou a marcar. (Divulgação/Vinícius Silva/Cruzeiro)

Todo o resultado dessa pressão se transformou em gol aos 30 minutos, quando Thiago Neves, atuando pela primeira vez nesta Libertadores, tocou para Fred, que recebeu na entrada da área e mandou no ângulo esquerdo de Salazar para fazer um golaço. Foi seu quarto gol na competição.

Na segunda etapa, o ritmo da partida seguiu o mesmo, com o Cruzeiro dominando todas as ações. Aos 20 minutos, o goleiro Salazar trabalhou bem e espalmou um chute forte mandando por Marquinhos Gabriel.

Publicidade

Aos 23 minutos, Sassá entrou no lugar de Fred e não demorou muito para ele balançar as redes. Aos 31, Miers derrubou Jadson na área. Pênalti que Sassá bateu e não desperdiçou, fazendo o segundo dos mineiros e dando números finais ao duelo.

“Jogamos sempre com seriedade, independente classificados ou não”, disse o meia Thiago Neves ao final da partida, destacando que a equipe segue na briga pela melhor campanha geral na competição. “Vamos seguir atrás para ser o primeiro lugar geral”, disse.

O que vem pela frente

O Cruzeiro encerrará sua participação na primeira fase da Copa Libertadores no próximo dia 8 de maio, quando receberá o Emelec, do Equador, no estádio do Mineirão. Dependendo do que ocorrer nesta rodada com os times do Paraguai, que também têm 100% de aproveitamento, o time pode jogar por um empate para garantir a melhor campanha da primeira fase. No mesmo dia, o Emelec jogará na Argentina contra o Huracán, em confronto direto pela segunda vaga do grupo.

Publicidade

Os mineiros voltam a campo no próximo sábado (27), quando farão sua estreia no Campeonato Brasileiro jogando no estádio do Maracanã contra o Flamengo.

Leia tudo e assista ao vídeo