Seleção uruguaia estreia com goleada na Copa América, neste domingo (16). A Celeste ganhou de 4 a 0 do Equador, com gols de Lodeiro, Cavani, Suárez e Mina (contra). O jogo levantou a torcida no Mineirão e mostrou que os uruguaios serão adversários de peso na competição.

Com a vitória, o Uruguai lidera o grupo C, com três pontos. A seleção espera o confronto entre Japão e Chile, que acontecerá nesta segunda-feira (17), em São Paulo, para saber como fica a tabela da primeira rodada.

O próximo desafio do Uruguai, na segunda rodada, será justamente o Japão, na próxima quinta-feira (20), às 20 horas, na Arena do Grêmio.

Já o Equador irá jogar contra o Chile, na sexta-feira (21), às 20 horas, na Arena Fonte Nova.

Celeste em fúria

Durante a partida, o Uruguai manteve o controle do jogo sem maiores dificuldades. A seleção dominou o primeiro tempo quando abriu 3 a 0. Além de ter maior posse de bola e não dar chances para os equatorianos montarem jogadas ou contra-ataques.

Os destaques ficaram com a dupla de ataque Cavani-Suárez que promete ser implacável nesta Copa América. Apesar de Suárez não ter se soltado completamente em campo, pois está voltando de lesão e preferiu se poupar em alguns lances, quando a dupla partiu com vontade foi decisiva.

Cavani, com mais espaço, só não marcou mais porque perdeu uma chance de letra e ainda teve um gol anulado no segundo tempo.

E pelo lado do Equador, Quintero foi expulso aos 23 minutos do primeiro tempo, após o VAR interferir em lance que o jogador acertou o braço no rosto do uruguaio Lodeiro, o que ajudou a desestabilizar os equatorianos.

No segundo tempo, já com o resultado nas mãos e o domínio em campo, os uruguaios voltaram com Futebol mais contido. O time administrou a partida, rodou a bola em campo e não teve grandes ameaças do Equador.

Classificação tranquila

Após esta vitória, que foi a maior goleada até o momento, os uruguaios estão perto de garantir sua vaga na próxima fase da Copa América. O saldo de gols vantajoso é favorável para a equipe, porém o Chile (bicampeão da competição), pode ser um desafio maior na última e decisiva rodada. Nesta Copa América, se classificam todos os primeiros e segundo colocados dos três grupos, além dos dois melhores terceiros colocados.

Os favoritos da competição

As grandes seleções sul-americanas entram com favoritismo na competição. Apesar de não ter convencido cem por cento, o Brasil tem sempre status de favoritismo. Estreou com vitória tranquila de 3 a 0 da Bolívia, pelo grupo A, na abertura da competição no Morumbi.

A Argentina, por sua vez, tropeçou na estreia. A seleção perdeu de 2 a 0 para a Colômbia, pelo grupo B, na Arena Fonte Nova, e decepcionou a torcida. Os argentinos estão em último lugar no grupo e precisam fazer bonito nas partidas que vêm pela frente.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!