O Futsal brasileiro amanheceu de luto neste domingo (14). Um acidente com um ônibus que transportava a delegação do time profissional do Passo Fundo causou a morte de um atleta, e deixou outras 14 pessoas feridas, sendo uma em estado grave. O time retornava da cidade de Uruguaiana, após disputa contra a equipe local em jogo válido pela Liga Gaúcha de Futsal. No veículo, além do motorista – que foi um dos feridos -, havia 21 passageiros.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu por volta das 2h da madrugada, na altura do quilômetro 430, da BR-472, no trecho que passa pela cidade de Itaqui, quando o ônibus que transportava a delegação saiu da pista, caiu em um barranco e tombou. O jogador Pablo Yago Radaeli, de 22 anos, ficou preso às ferragens e morreu no local.

Os feridos, entre membros da comissão técnica e jogadores, foram encaminhados ao Hospital de São Borja.

De acordo com informação passada pelo clube, apenas roupeiro Sandi Vieira, seguia internado. Ele sofreu fraturas, está no CTI e, segundo informações do hospital, seu estado “inspira cuidados”.

“Temos o doloroso dever de informar que perdemos nosso guerreiro Pablo Radaeli”, dizia um trecho de um comunicado emitido pelo clube. O clube informou ainda que está tomando todas as providências e prestando assistência a familiares.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

O clube aguardava a liberação do corpo do jogador, que ocorreria ainda neste domingo (14), para traslado para Passo Fundo. O velório será realizado no Ginásio do Capingui, no centro da cidade, e ainda não há informações a respeito do sepultamento.

Jogador havia chegado ao time neste ano

Nascido em Novo Hamburgo, no Vale dos Sinos, o ala Radaeli foi um dos jogadores contratados para esta temporada pelo time de Passo Fundo, que lidera a Liga Gaúcha de Futsal.

Antes de chegar a atual equipe ele havia passado pelo Dracena, time do interior de São Paulo, pelo Uruguaianense (equipe que havia enfrentando horas antes), ASIF de Ibirubá, além do Minas TC, equipe que o revelou.

Liga Gaúcha e clubes lamentam o acidente

Durante todo o dia, entidades e clubes lamentaram o acidente ocorrido com a equipe do Passo Fundo e a morte do jogador. A Liga Gaúcha lamentou o acidente que vitimou “um dos destaques do campeonato” e disse que o futebol está de luto.

O Uruguaianense, time que o Passo Fundo havia enfrentando horas antes, emitiu uma nota de pesar lamentando a perda de seu ex-atleta. Times de futebol de campo, como Caxias e o Internacional, também se manifestaram nas redes sociais se solidarizando com o clube.

Luciano Azevedo, prefeito de Passo Fundo, decretou luto oficial de três dias na cidade.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo