Garantido, mas pressionado. Esse é o resumo da atual situação de Fernando Diniz como técnico do Fluminense. Em entrevista coletiva no início da tarde desta terça-feira (13) no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, o vice-presidente geral e homem forte do futebol do Tricolor, Celso Barros, negou ter tido contatos com outros profissionais, mas disse que o comandante do elenco profissional vem sendo diariamente avaliado e a sua permanência está, realmente, vinculada aos resultados dentro das quatro linhas.

"Não conversamos com nenhum técnico. Não conversamos com nenhum técnico. Surgiu que a gente falou com Mano, Dorival e Abel. Isso não procede. Diniz é o técnico do Fluminense e está sendo cobrado como todos nós estamos sendo. Os resultados são importantes, você pode jogar lindamente, mas será cobrado se o resultado não vier", disse Barros, complementando.

"Desde que assumimos, só fizemos seis pontos.

Isso tem de mudar. É pontuação de time que será rebaixado. Não acho que temos elenco para estar nessa situação. É preocupante", explicou.

Celso não quis estabelecer um prazo para decidir pela saída ou não de Diniz, mas lembrou que o treinador não dirige a equipe há pouco tempo.

"Eu não vou condicionar aos próximos dois jogos.Ele é o técnico. Vai continuar o trabalho. Eu fui critico quando, na eleição, fiz uma ponderação por estar a um ponto do Z-4. Disse que estava preocupado. Questionaram-me se não daria tempo ao Diniz. É claro que ele tem tempo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Está aí desde o começo do ano", resumiu

Situações de Fabiano e Yony Gonzalez

Acompanhado do diretor-executivo Paulo Angioni, Celso Barros também falou sobre a movimentação do Flumiennse no mercado. Segundo o vice-presidente geral, o clube esteve muito perto de anunciar o lateral-direito Fabiano, do Palmeiras, mas que, por conta de uma postura adotada pelo staff do jogador, o negócio não será mais sacramentado.

"Eu liguei para o Alexandre Mattos (dirigente do Palmeiras), com quem me dou muito bem. Ele liberaria, a gente pagaria uma parte do salário. Os empresários disseram que queriam esperar a janela para ver se aparecia algo. Então, não tem interesse mais da nossa parte", explicou Celso Barros, que revelou a busca incessante por um zagueiro.

"A torcida tem de entender que estamos fazendo um esforço enorme para trazer um", explicou.

Paralela à luta por reforços, Celso Barros vem trabalhando para manter algumas das principais peças do atual elenco. Uma delas é o atacante colombiano Yony Gonzalez. Na coletiva, o dirigente do Fluminense revelou ter apresentado uma proposta considerada boa e confirmou que irá se reunir com os empresários do atleta.

"Nós fizemos uma proposta para ele. Teremos uma reunião na quinta-feira, acho que fizemos uma boa proposta. Vamos aguardar", encerrou.

Apresentado, Lucão garante ter a sua chance na carreira

Antes de conversar com os jornalistas, Celso Barros apresentou, de maneira oficial, o centroavante Lucão. Com 27 anos, o jogador, que, em seu currículo, tem passagens por Goiás e Criciúma, estava no futebol do Kuwait e assinou um vínculo até o final de 2020. Visivelmente feliz, o agora atleta tricolor lembrou da passagem pela base da própria equipe das Laranjeiras, falou sobre as suas características e garantiu estar tendo a maior chance na carreira.

"Passei por uma escolinha ou outra e cheguei na do Fluminense. O mundo virou e agora estou aqui.A minha característica é fazer gol. Eu sou também bastante competitivo. Fico ligado todos os minutos. Futebol hoje não permite ter uma só característica. Tem de cumprir funções. Minha disposição tática é voluntariosa. Sou centroavante mesmo. Começo hoje uma nova trajetória na minha vida. Pelos clubes que passei, o peso da camisa do Flu é incomparável", disse Lucão, que agradeceu a recepção dos demais companheiros e citou ter recebido muitas mensagens carinhosas por parte da torcida.

Com Pedro [VIDEO] está lesionado e só deve voltar daqui a três semanas, Lucão tem grandes chances de ser relacionado para o confronto de domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã, diante do CSA, válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 12 pontos, o Fluminense é o 16º colocado da competição.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo