Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, do portal Yahoo!, o atacante Neymar vai permanecer no Paris Saint-Germain por mais uma temporada. O clube francês desistiu de negociar o atacante brasileiro, sem explicar os motivos que levaram a esta decisão.

De acordo com Nicola, informações de um empresário brasileiro que atua na Europa apontam que o mandatário do clube parisiense, Nasser Al-Khelaifi, não quis negociar o camisa 10 da seleção brasileira por "birra".

O agente, que não quis ser identificado, teria dito ao jornalista que esteve com os dirigentes do PSG recentemente e que Al-Khelaifi avisou a todos no clube a ao próprio jogador brasileiro que não iria liberá-lo. Segundo o empresário, "o sonho do Nasser era fazer Neymar ficar correndo em volta do campo até o contrato acabar".

PSG teme perder dinheiro com a venda

Em 2017, Neymar foi negociado com o Barcelona, pelo valor de 222 milhões de euros.

A diretoria do PSG acredita que abrir mão do atacante brasileiro e vendê-lo será um péssimo negócio para o clube, levando-se em consideração que dificilmente conseguirá recuperar o montante que foi gasto na contratação.

Até o momento, o Barcelona é o único clube europeu que segue insistindo na contratação do jogador brasileiro. Na última sexta-feira (30), o clube catalão ofertou 150 milhões de euros, mais os jogadores Dembélé e Rakitic e o empréstimo por um ano do defensor Todibo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Neymar

Segundo informações, da empresa de consultoria esportiva Transfermkt, Dembélé foi adquirido pelo Barcelona pelo valor de 105 milhões de euros e passe de Rakitic está avaliado em 40 milhões de euros.

Sendo assim, o PSG acabou recusando uma proposta avaliada em 295 milhões de euros (cerca de R$ 1,3 bilhão) e o atacante brasileiro vai permanecer mais uma temporada no clube francês, levando-se em consideração que a janela de transferência da França fechou na última segunda-feira (2).

Além do Barcelona, Juventus e Real Madrid também manifestaram interesse no craque brasileiro, mas acabaram desistindo das negociações devido às altas cifras estipuladas pelo PSG.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo