Às vésperas de enfrentar o Liverpool na final do Mundial de Clubes da Fifa, o Flamengo ganhou mais um reforço para a próxima temporada. O contratado da vez é o zagueiro Gustavo Henrique, de 26 anos, que havia atuado durante toda a carreira profissional pelo Santos. Como seu vínculo com o time da Vila Belmiro termina neste fim de ano, ele chega à Gávea sem custos.

O zagueiro de 1,96 de altura começou a chamar a atenção pelas suas atuações desde a Copa São Paulo. Ainda nas categorias de base chegou a ser convocado pelo técnico Alexandre Gallo para um amistoso da Seleção Brasileira Sub 23. Ele ainda não tem convocações para a seleção principal.

Pelo time principal do Peixe levantou dois títulos do Campeonato Paulista.

No novo clube, o zagueiro chegará para disputar posição com Pablo Marí, Rodrigo Caio e Rhodolfo. Ele também reencontrará no elenco Gabriel e Bruno Henrique, antigos companheiros de Santos.

Com a chegada de Gustavo Henrique, agora são dois os reforços contratados pelo Flamengo para a próxima temporada. Antes a diretoria do Rubro-Negro já havia acertado a vinda do atacante Pedro Rocha, que jogou o último Brasileirão pelo Cruzeiro.

Apesar da ótima campanha feita pelo time neste ano, e dos dois nomes já divulgados, a diretoria flamenguista ainda segue de olho no mercado. Eles estão em busca de peças para a lateral direita, a cabeça de área e o ataque.

Adversários na Libertadores

Enquanto segue no Catar, disputando o Mundial de Clubes, o Flamengo conheceu nesta terça-feira (17), após sorteio realizado no Paraguai, seus primeiros adversários na Copa Libertadores da América de 2020. O time Rubro-Negro está na chave A.

Um dos adversários do Rubro-Negro na primeira fase será o Independiente del Valle, atual campeão da Copa Sul-Americana, o que garante, além dos dois jogos da fase de grupos da Libertadores, outros dois confrontos valendo o título da Recopa Sul-Americana, que deve ser jogado ainda neste semestre.

O time equatoriano também foi finalista da Copa Libertadores da América em 2015.

Outro time bem conhecido do Flamengo na primeira fase da Libertadores é o Junior Barranquilla, que perdeu a final da Sul-Americana de 2018 para o Athletico Paraense e cruzou o caminho do Rubro-Negro nas semifinais da mesma competição um ano antes.

O quarto time do grupo virá das fases prévias, podendo ser outro equatoriano, uma vez que o Barcelona é um dos seis que disputam essa vaga e pegará na primeira fase preliminar o modesto Progreso, de Montevidéu.

Quem avançar pega o tradicional Sporting Cristal, do Peru.

Do outro lado da chave, o Cerro Porteño, do Paraguai, fica na espera de quem passar do jogo entre Carabobo, da Venezuela, e Universitario, outro time do Peru.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Flamengo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!