Os últimos dias de Jorge Sampaoli não estão nem um pouco tranquilos. Assim como era dentro de campo com a sua atuação de treinador, nos últimos dias Sampaoli vem agitando o mercado da bola. Muito se falava em sua permanência no Santos, seu ex-clube, mas as coisas não deram muito certo. Agora, o que mais se fala é de um acordo com o Palmeiras, que estaria quase certo.

Problemas com o Santos

Em reunião realizada nesta segunda-feira com a diretoria do Santos, os ânimos se acaloraram e, segundo uma das versões, o técnico exigiu um investimento de R$ 100 milhões em contratações, algo que muitos dizem ser quase impossível para um clube que passa dificuldades financeiras como o Santos.

Por fim, na noite de quarta-feira o clube oficializou a sua saída.

Em nota, o Santos afirmou que o ex-técnico tem a obrigação de cumprir a cláusula do contrato avaliada em R$ 10 milhões. Por outro lado, Sampaoli diz que não pediu demissão e que o clube deixou de pagar verbas salariais, como o FGTS e décimo terceiro. Com toda essa desavença, a questão foi parar no setor jurídico e por lá deve se encerrar.

Pretensão de outros clubes no técnico

O técnico já estava sendo especulado por vários clubes antes mesmo de deixar o Santos. O principal clube interessado sempre foi o Palmeiras. Várias pessoas especulam que o treinador pediu um valor salarial de aproximadamente R$ 2 milhões, livre de impostos, fato este que deixou a torcida com um pé atrás. Outros clubes também foram citados como possíveis interessados, dentre eles o Flamengo, no caso de Jorge Jesus partir para Europa, e o Racing, da Argentina.

No entanto, o técnico Sampaoli sempre demonstrou que seu interesse maior é permanecer no Brasil. Disse que precisa acertar sua situação no país antes de ir para Europa ou voltar para Argentina.

O acordo com o Palmeiras

O sonho do Palmeirense por Sampaoli já vem de longa data e já assombrava os torcedores alvinegros da baixada Santista.

Agora, com a oficialização de sua saída, as portas estão abertas para sua chegada no clube alviverde. O técnico em princípio teria forçado a barra com o clube e pedido um valor equivalente a R$ 2 milhões. Boa parte dos torcedores do Palmeiras achou o valor absurdo, já que o clube vem investido pesado ultimamente e não está conseguindo bons resultados.

Outra parte da torcida está confiante e apoia a contratação como uma possível salvação e livramento da fase ruim do clube.

Já foram realizadas pelo menos duas reuniões entre Sampaoli e a direção do Palmeiras. Segundo o jornalista Alexandre Praetzel, o argentino concordou em reduzir os valores pedidos em princípio e já estaria pronto para acertar com o clube. O anúncio pode ser oficializado ainda nesta sexta-feira (13), conforme informações da imprensa.

Siga a página Palmeiras
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!