Na noite da última terça, o portal Net Flu divulgou que o Fluminense havia sido denunciado na Fifa por conta de uma dívida de R$ 1 milhão ao Boston Rivers, do Uruguai, e que, caso não quitasse esse débito, corria o risco, assim como ocorreu com o Cruzeiro, de perder seis pontos no Campeonato Brasileiro antes mesmo de a competição começar.

Nesta quarta-feira, porém, o UOL Esporte divulgou um acordo entre o Tricolor e a equipe uruguaia e, assim, a agremiação das Laranjeiras, até o momento, não sofre qualquer tipo de ameaça.

A pendência do Fluminense se deve pelo não pagamento ao Boston Rivers pela contratação do goleiro Guillermo De Amores ainda durante a gestão Pedro Abad.

O clube carioca tem um crédito junto ao Querétaro, do México, relacionado à venda de Orejuela. Os trâmites para as trocas de minuta relativa a tal composição fizeram com que houvesse um atraso no envio do documento à Fifa.

Após se destacar no Liverpool-URU na Copa Sul-Americana de 2017, quando enfrentou o próprio Fluminense, De Amores desembarcou nas Laranjeiras no ano seguinte, mas sequer disputou uma partida com a camisa tricolor. Inicialmente, não caiu nas graças do então técnico Abel Braga. Depois da saída do comandante, sofreu duas graves lesões e acabou sendo dispensado em 2020.

Flu dá ponto final sobre Thiago Silva e Marcos Paulo

Em nota oficial divulgada no início da tarde desta quarta-feira, o Fluminense negou estar conversando, até esse momento, com Thiago Silva no intuito de contratá-lo de volta.

desmentindo as informações dadas, em primeira mão, pelo Portal Saudações Tricolores e, posteriormente, por Flavio Winick, jornalista do Fox Sports.

Vale lembrar, porém, que, por ocasião da vinda de Fred, a diretoria do clube das Laranjeiras, enquanto o centroavante não acertou a sua liberação do Cruzeiro, desmentiu qualquer tipo de negociação em curso.

Nos bastidores, fala-se que, nesse momento, a estratégia está sendo repetida, já que Thiago Silva tem vínculo com o Paris Saint-Germain até o próximo dia 29 de junho. O clube francês já avisou que o defensor não faz parte dos planos para a temporada 2020-2021.

Outra situação negada pelo Fluminense foi a notícia de que o Sparatk Moscou tinha apresentado uma proposta de 15 milhões de euros (cerca de R$ 83 milhões) pelo atacante Marcos Paulo.

Segundo a nota oficial da equipe carioca, por enquanto, não chegou qualquer tipo de oferta para tirar o jogador das Laranjeiras.

Em outras ocasiões, no entanto, o próprio presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, confessou que, devido à grave situação financeira pela qual atravessa o clube carioca, se aparecer uma proposta interessante, poderia negociar o jovem atacante.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!