A equipe do Houston Rockets ganhou do Los Angeles Lakers nesta sexta-feira (4) por 112 a 97, na AdventHealth Arena, em Orlando. Este foi o primeiro encontro entre ambos pelas semifinais da Conferência Oeste da NBA.

Depois de eliminarem o Oklahoma City Thunder por 4 a 3 na série, encerrada quarta-feira (2), os comandados do técnico Mike D’Antoni tiveram a difícil a tarefa de encarar a franquia detentora de 16 títulos do torneio, os Lakers, do astro LeBron James.

Um fator que gerava preocupação para o desenvolvimento do basquete dos Rockets era a baixa estatura de seus atletas em comparação com o oponente.

Em boa parte desta temporada, o time texano atuou sem seu antigo pivô Clint Capela, atualmente no Atlanta Hawks.

Mesmo em desvantagem em relação a este fator, o Houston mostrou um desempenho muito bom nas jogadas disputadas no garrafão e pegou 41 rebotes, assim como o rival, que conta com Anthony Davis, JaVale McGuee e Dwigth Howard, todos detentores de um comprimento avantajado.

As características marcantes deste plantel do Houston Rockets, liderado por James Harden, também foram executadas: rápida movimentação, trocas de passes em busca de um chutador livre na linha de três pontos, rápida transição ofensiva e as infiltrações quando a defesa abria e impedia os arremates de longa distância.

O quinteto inicial foi formado por P.J.

Tucker, Robert Covington, Eric Gordon, Russell Westbrook e James Harden (Barba). Já, Frank Vogel, treinador do Los Angeles, trouxe à quadra Kentavious Caldwell-Pope, Danny Green, LeBron James, Anthony Davis e JaVale McGee.

Jogo

O primeiro quarto foi equilibrado, LeBron James buscou distribuir bem a bola na armação, Danny Green começou pontuando, e logo L.A.

abriu 7 a 0, mas do outro lado havia o Barba, pronto para desequilibrar o espetáculo a qualquer momento.

Com tranquilidade e talento, o camisa 13, foi dando o ritmo que desejava à partida, quando estava sem espaço passava para algum companheiro, se percebesse qualquer brecha investia contra o aro em brilhantes lances individuais.

Devido ao seu vasto repertório, ficava complicado para a defesa impossibilitar seu crescimento durante o espetáculo, além disso, ele impediu o avanço de Anthony Davis, com um toco preciso, auxiliando na recomposição da equipe; a parcial após os 12 minutos de abertura do confronto foi 29 a 28, a favor dos Rockets.

O período seguinte trouxe um momento incrível para os amantes do esporte, Alex Caruso deu ótima assistência para LeBron James enterrar de maneira estilosa, ignorando a presença de Russell Westbrook, perto da cesta; o banco de reservas ficou atônito com o acontecido.

Mas quem ampliou a vantagem para ir ao intervalo, foi a franquia do Estado do Texas, o placar registrou 63 a 55.

No terceiro quarto, o rendimento do Los Angeles Lakers melhorou, tanto que se sobrepôs em 24 a 22, na pontuação, desta etapa do encontro.

Sua principal estrela, LeBron James, aplicou um toco preciso utilizando as duas mãos, prensando a bola na tabela, acabando com o ataque de Westbrook, depois atravessou a quadra de ponta a ponta, partiu para cima do sistema defensivo do Houston, fez os dois pontos e sofreu a falta.

Porém, mesmo com a dedicação de LeBron e a plasticidade de suas ações, a liderança na contagem permaneceu com os Rockets, 85 a 79.

O período derradeiro esfriou as pretensões do plantel californiano, foi o momento do enfrentamento que apresentou maior disparidade na contagem, todavia, o show à parte do camisa 23, de Los Angeles, seguiu após ele dar outro toco em Russell Westbrook, a 9 minutos e 52 segundo fim do jogo.

A resposta veio pouco depois, em um arremesso certeiro de três pontos de Russell, o armador comemorou muito, estava tenso ainda, devido ao lance anterior. James Harden também aprontou, entortando Danny Green, aplicando dribles desconcertantes, encestando e sofrendo a falta. Ao terminar o espetáculo, o Houston Rockets, comemorou a importante vitória, 112 a 97.

Mesmo com o retorno de Rajon Rondo, recuperado de lesão, e, os 25 pontos convertidos por Anthony Davis, a derrota foi inevitável para o Los Angeles, que havia eliminado nas quartas de final o bom time do Portland Trail Blazers, por 4 a 1, de virada, na série.

Destaques individuais

  • Lakers- Anthony Davis, 25 pontos, 1 assistência e 14 rebotes (duplo-duplo); LeBron James, 20 pontos, 7 assistências e 8 rebotes; Alex Caruso, 14 pontos, 4 assistências e 2 rebotes.
  • Rockets- James Harden, 36 pontos, 5 assistências e 2 rebotes; Russell Westbrook, 24 pontos, 6 assistências e 9 rebotes; Eric Gordon, 23 pontos, 1 assistência e 3 rebotes.

Próximo confronto

Los Angeles Lakers e Houston Rockets, neste domingo (6), às 21h30 (horário de Brasília), na AdventHealth Arena, em Orlando.

Siga a página NBA
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!