Grêmio e Cruzeiro voltaram a conversar. Após um sutil afastamento em virtude de alterações no valor a ser pago pelo lateral-direito Orejuela, as duas equipes voltaram a conversar e se aproximam de um acerto para o retorno do colombiano para o tricolor. O pedido, inclusive, foi feito pelo técnico Renato Portaluppi.

O motivo da reaproximação foi o interesse do Cruzeiro em permanecer com o volante Machado, um dos destaques da Raposa na Série B de 2020. Além da vontade da permanência de Machado, o Cruzeiro precisa fazer caixa com vendas, uma vez que permanecerá na Série B em 2021.

Relação estremecida e reaproximação de Grêmio e Cruzeiro

Diretorias de Grêmio e Cruzeiro voltaram a conversar após um afastamento na relação depois da não conclusão da venda de Orejuela, no mês de dezembro. O clube gaúcho tinha a opção de compra após o empréstimo concedido em 2020, e decidiu exercê-lo na reta final do ano. Os dois clubes sinalizaram o acordo, mas alguns entraves na negociação foram impostos, a relação acabou estremecida e Orejuela precisou retornar à Toca da Raposa.

Orejuela, no entanto, caiu nas graças do técnico Renato Portaluppi. Mesmo convivendo com lesões na temporada, as características do lateral eram vistas como indispensáveis para o esquema tático do Grêmio. Assim, o técnico tricolor solicitou à cúpula gremista o retorno do atleta.

Na época da primeira investida, o Grêmio fez uma proposta de R$ 18 milhões pelo lateral. Embora tenha aceitado em um primeiro momento, o Cruzeiro recuou, esperando conseguir um valor maior. Novos times até mostraram interesse, mas nenhum avançou na negociação.

Interesse do Cruzeiro em Machado

As conversas por Orejuela foram retomadas após o Cruzeiro procurar o Grêmio para tratar do volante Filipe Machado, que estava emprestado pelo tricolor à Raposa.

A conversa trouxe à tona o nome de Orejuela, que ainda é pretendido pelo Grêmio. Assim, o tema voltou à pauta entre as duas direções.

A negociação envolveria a venda dos direitos econômicos de Orejuela, uma vez que o clube mineiro precisa fazer caixa e não consegue arcar com os altos vencimentos do atleta. A expectativa, assim, entre as duas diretorias, é que não haja resistência de ambas as partes para sacramentar o negócio.

Grêmio confirma data da saída de Pepê

Depois de uma longa novela envolvendo exames médicos, trâmites burocráticos e troca de documentos, Pepê deve ter sua venda selada pelo Grêmio nos próximos dias. De acordo com informações do site GloboEsporte, Pepê deve permanecer na equipe do Grêmio até o meio do ano, mais especificamente no dia 7 de junho.

Dessa forma, o jogador está confirmado nas finais da Copa do Brasil, quando o Grêmio enfrenta o Palmeiras na grande final. Porto e Grêmio entraram em acordo para selar o valor em R$ 97,1 milhões. O Grêmio ficaria com uma fatia de 70%, o que equivale a R$ 64,7 milhões.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Grêmio
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!