O treinador Hernán Jorge Crespo foi apresentado pelo São Paulo Futebol Clube, nesta quarta-feira (17), para comandar a equipe por duas temporadas, a partir do Campeonato Paulista. Ele terá pela frente a missão de trazer títulos e competitividade ao elenco tricolor, colocando sua identidade no time.

Integrando a reformulação na comissão técnica sãopaulina, cinco profissionais vieram da Argentina, juntamente com o treinador, para acrescentar qualidade ao trabalho: os preparadores físicos Gustavo Satto e Alejandro Kohan, o analista Tobías Kohan, o auxiliar Juan Branda e o preparador de goleiros Gustavo Nepote.

Quando Crespo atuava como centroavante, sempre demonstrou raça, oportunismo e faro de gol, características que podem contribuir bastante na evolução de seu novo time, que fraquejou na reta final do Campeonato Brasileiro, enquanto liderava a competição, faltando poucas rodadas para o encerramento, e viu a chance de vencer o troféu se afastar.

A última agremiação defendida pelo técnico foi o Defensa y Justicia, na qual se sagrou campeão da Copa Sul-Americana (edição 2020), contra o Lanús, ganhando por 3 a 0 a final disputada dia 23 de janeiro deste ano.

Carreira de treinador

Em 2014, Hernán Crespo iniciou sua trajetória como técnico na Itália, à frente dos juniores do Parma, depois dirigiu o Modena de 2015 a 2016, posteriormente mudou de país se transferindo para o Futebol argentino em 2018, atuando no Banfield, na sequência comandou o Defensa y Justicia, no ano de 2020, tornando-se vencedor da Sul-Americana, feito que despertou o interesse de contratação do São Paulo.

Times que Crespo jogou

Hernán principiou sua passagem pelo mundo da bola como centroavante do River Plate, jogou no Parma, na Lazio, na Inter de Milão, no Chelsea, no Milan e no Genoa. Representou também a seleção argentina em 74 partidas, marcando 46 gols.

Essa rica história rendeu diversos troféus ao atacante: Campeonato Argentino (Apertura, 2), Copa Libertadores da América, Copa da Itália, Supercopa da Itália (5), Copa da Uefa, Premier League, Supercopa da Inglaterra, Campeonato Italiano (3) e Jogos Pan-Americanos.

Visita ao Morumbi acompanhado por Kaká

Na tarde de terça-feira (16), Crespo desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos e visitou o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, junto com Kaká, companheiro da época em que jogava pelo Milan, na temporada 2004/2005.

O craque Tricolor lhe apresentou as instalações do Morumbi, além disso, o presidente Julio Casares recebeu o novo comandante são-paulino, dando as boas-vindas.

Treinador fala com jogadores e imprensa

Na manhã desta quarta (17), Hernán Crespo foi até o Centro de Treinamento do São Paulo, conversou com o elenco, com o coordenador de futebol Muricy Ramalho e o técnico interino Marcos Vizolli, em seguida concedeu sua primeira entrevista coletiva dirigindo o Clube da Fé.

“Gostaria de dizer que é um prazer estar aqui, é muito orgulho que um clube tão importante como o São Paulo tenha se interessado em mim e no corpo técnico, primeiro agradecer a confiança dos dirigentes pela oportunidade. Seguramente tentaremos fazer o melhor, seguramente daremos o melhor, e isso não me resta nenhuma dúvida”, comentou Crespo em suas palavras iniciais.

Sobre o modelo de atuar dos seus times, ele respondeu: “Tem um aspecto que eu gosto, que é ser protagonista, gosto que a torcida do São Paulo possa se identificar com o que vê, que dentro do campo de jogo possamos transmitir isso; lamentavelmente, eles não poderão estar no estádio por motivos óbvios (Covid-19), mas que se sintam identificados pela televisão, para mim isso é fundamental, fundamental que todos estejamos unidos nesse sonho, nesse grande desafio que é o São Paulo voltar a estar no lugar que lhe pertence”.

Referente à dificuldade financeira são-paulina para efetuar contratações, o treinador argentino disse: “A América do Sul é uma fábrica exportadora de talentos, então é questão de ter paciência, observar; também tem a satisfação que acontece com a gente como corpo técnico, sempre ver o crescimento do jogador, nos interessamos muito em ver o crescimento no nível individual”.

Possível estreia no Paulistão

Pelo Brasileirão, o Tricolor Paulista terá mais três confrontos: enfrentará o Palmeiras, no dia 19, Botafogo (22) e Flamengo (25). Quem deve permanecer no comando do plantel até o término do torneio é o interino Marcos Vizolli.

É bem possível que Hernán Crespo comece sua jornada à beira dos gramados pelo time brasileiro no duelo contra o Botafogo de Ribeirão Preto, dia 28, domingo, às 20h30 (horário de Brasília), no Morumbi, pelo rodada de abertura do Campeonato Paulista.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Brasileirão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!