O Los Angeles Lakers recebeu o Golden State Warriors, neste domingo (28), no Staples Center, pela temporada regular da NBA, e venceu o rival por 117 a 91, exercendo amplo domínio durante toda a partida. A superioridade dos donos da casa resultou no importante êxito pela Conferência Oeste, deixando o time em segundo lugar na classificação.

LeBron James cestinha do embate, marcando 19 pontos, comandou as jogadas ofensivas da equipe, na ausência de Anthony Davis, que não foi relacionado para o duelo, mas assistiu entre os suplentes. A formação inicial escolhida pelo técnico Frank Vogel teve Dennis Schroder, Kentavious Caldwell-Pope, Marc Gasol, Markieff Morris e LeBron.

Os Warriors, do treinador Steve Kerr, vieram medir forças com o atual campeão da liga norte-americana de basquete, escalando seu quinteto: Stephen Curry, Kelly Oubre JR. Kevon Looney, Draymond Green e Andrew Wiggins.

No primeiro quarto a imposição do Los Angeles ficou evidente após abrir 41 a 21 no placar, a liberdade de seus chutadores da zona do perímetro e as infiltrações de Schroder, foram preponderantes no bom desempenho ofensivo.

Defendendo, o Lakers também foi eficiente, praticamente neutralizando as ações de Curry, obrigando o atleta a passar a bola para seus companheiros ao invés de arremessar.

A rotação promovida com os suplentes na etapa seguinte manteve o rendimento dos mandantes, Alex Caruso foi o destaque, imprimindo ritmo acelerado na transição para o ataque, além disso manteve a atenção e o posicionamento correto na recomposição defensiva.

Montrezl Harrell foi outro que esteve bem participativo, demonstrando vontade em todos os lances, mas no fim do período quem brilhou foi a estrela de Lebron James, o camisa 23 acertou a cesta no estouro do cronômetro, do meio da quadra, ampliando a vantagem para 73 a 44.

Passado o intervalo, o Golden State buscou reagir sendo mais competitivo, porém não ameaçou a ampla diferença construída pela franquia 17 vezes campeã do torneio, Kelly Oubre JR.

pontuou algumas vezes, encarando seus oponentes perto do aro, assim como Eric Paschall e Stephen Curry, que precisaram invadir o garrafão para chutar, devido à falta de espaço da linha dos três.

Nos 24 segundos finais, Kent Bazemore calibrou a mão e fez bom uso das chances encontradas, convertendo duas tentativas de longa distância, mas o prejuízo persistiu, 99 a 69, a favor do Lakers.

Mesmo com os titulares em quadra a dificuldade encontrada pelo Golden State Wariors ficou evidente nos números do encontro, por este motivo, e devido ao tempo escasso no relógio para tentar a virada improvável, Steve Kerr optou por encerrar o espetáculo com os reservas de seu plantel atuando, assim como Frank Vogel.

O último quarto terminou com superioridade dos Warriors, aplicando 22 a 18, entretanto, no cômputo geral, a vitória ficou com o Los Angeles Lakers, 117 a 91.

Este revés pôs a agremiação de Draymond Green (que torceu o tornozelo esquerdo e saiu do duelo) e Curry, na oitava posição do Oeste, que tem Utah Jazz na liderança.

Destaques individuais

  • Lakers- LeBron James, 19 pontos, 4 assistências e 6 rebotes; Markieff Morris, 13 pontos, 4 assistências e 8 rebotes; Alex Caruso, 13 pontos, 4 assistências e 4 rebotes.
  • Warriors- Eric Paschall, 18 pontos, 1 assistência e 4 rebotes; Stephen Curry, 16 pontos, 7 assistências e 4 rebotes; Kelly Oubre JR., 14 pontos, 1 assistência e 5 rebotes.

Próximos jogos

  • Los Angeles Lakers e Phoenix Suns, nesta quarta-feira (3), à 0h (horário de Brasília), no Staples Center.
  • Portland Trail Blazers e Golden State Warriors, na quinta-feira (4), à 0h (de Brasília), no Moda Center.

Siga a página NBA
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!