Sábado à tarde, nada melhor do que dar aquela paradinha estratégica no bar para aproveitar a companhia dos amigos. E para brindar a amizade, que tal uma caipiroska? São diversas as combinações e sabores desse drink charmosíssimo, e por isso, Smirnoff resolveu fazer uma competição com a participação popular para descobrir qual a melhor caipiroska do Brasil.

Entre agosto de 2018 e fevereiro deste ano, o público –maior de 18 anos, claro– entrou no site e votou em suas receitas favoritas. Depois de toda apuração, chegou-se ao resultado de cinco finalistas de Norte a Sul do país, ou seja, um bar de cada região brasileira.

Publicidade
Publicidade

Diretamente de Brasília: ‘Flor de Açucena’

Uma das caipiroskas (link https://br.blastingnews.com/lazer/2018/12/as-melhores-bebidas-que-o-brasil-tem-para-oferecer-002800657.html) que chegou à final da competição criada por Smirnoff veio diretamente da cidade, que em 1987 foi declarada patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO: Brasília.

Completando 59 anos de existência no próximo dia 21 de abril, o coração político do país também revela deliciosas surpresas gastronômicas, como a encontrada no Lampião Bar.

Nascido em 2009, no bairro de Guará, o bar veio por meio da inspiração inusitada do atual proprietário Rafael Leite de Oliveira. Isso porque, no mesmo local, existia o salão de beleza da Wal, mãe de Rafael, que na época havia perdido muitos clientes e decidiu baixar as portas.

Para tentar utilizar o espaço, Rafael teve a ideia de criar um bar. Sua mãe topou a empreitada que deu muito certo, afinal de contas, no dia da inauguração do Lampião Bar, uma multidão lotou o local e o grande sucesso repentino provou que a família havia tomado a decisão correta.

Publicidade

Passados 10 anos, para comemorar a data tão especial, Rafael pediu a ajuda de sua incrível bartender Divina Célia, a Nina, para criar um drink. Foi então que surgiu o “Flor de Açucena”.

Toda essa história ainda tem outro ponto curioso: a Nina não bebe. Então, suas criações são como fórmulas mágicas que dão muito certo. Um ótimo exemplo são os ingredientes e o modo de preparo do shurby utilizado no “Flor de Açucena”, que chegou a vender mais de 70 drinks em uma só noite no Lampião Bar.

“Pegue sete galhos de alecrim e três galhos de manjericão, amasse e deixe três dias fechado na geladeira. No terceiro dia, abra o pote e adicione 100 ml de vinagre. Feche de novo e deixe mais quatro dias...” e por aí vai.

Para Rafael e Nina, essa mistura inusitada tem tudo para vencer a competição de Melhor Caipiroska do Brasil. “É um drink simples, mas sofisticado. E o morango e maracujá juntos, as cores vibrantes do vermelho e amarelo, deixam o drink muito lindo no copo”, conta a criadora da receita.

Ficou com vontade de experimentar a “Flor de Açucena”, mas está longe de Brasília?

Publicidade

A gente coloca aqui a receita para você fazer em casa:

Receita ‘Flor de Açucena’ do Lampião Bar

Ingredientes

  • 50 ml de Smirnoff
  • 50 ml de sumo de maracujá
  • 20 ml de xarope simples
  • 30 ml shurby morango/alecrim
  • 3 folhinhas de manjericão

Modo de Preparo:

Em uma coqueteleira, amasse o manjericão, acrescente Vodka Smirnoff, o sumo do maracujá e o xarope simples. Bata, coe e coloque em copo long drink com gelo. Finalize colocando o shurby com cuidado para dar o efeito degradê e decore com ramos de alecrim e manjericão.

Publicidade

*graduação alcoólica: 14,8g

Agora, se você quer experimentar o original – e é o que a gente recomenda – dê uma passadinha no Lampião Bar, que fica na Rua 15, lote 2, no Polo de Moda, em Guará II. O horário de funcionamento é de terça e quarta, das 15h à 0h, de quinta a sábado, das 15h às 2h, e aos domingos, das 11h30 à 0h.

Aprecie com moderação. Não compartilhe com menores de 18 anos.

Leia tudo