Uma criança teve que ser levada às pressas para um hospital após ter ingerido produto de limpeza acidentalmente. A vítima foi identificada como Xiaoyun, de apenas 2 anos de idade. O incidente foi registrado no dia 24 de agosto, na cidade de Fuzhou, na China. Mas somente foi divulgado para os meios de comunicação esta semana. Segundo informações repassadas pela imprensa local, os pais da criança [VIDEO] tinham guardado o sabão em pó dentro de um armário. Atraída pela embalagem colorida, a vítima pegou o sachê de sabão e começou a mastigar, vindo a ingerir uma pequena quantidade.

Avó dá óleo de cozinha para a vítima na tentativa de aliviar a dor

Logo a garotinha começou a chorar de tanta dor.

A avó da criança tentou provocar o vômito nela, mas sem sucesso. A vítima apenas chorava e babava incontrolavelmente. Porém, outros membros da família lavaram a boca da vítima com água morna, em seguida, deram um pouco de óleo de cozinha [VIDEO] para a vítima beber. Segundo eles, era para aliviar a dor da criança, mas não teve resultado. Após alguns minutos, os lábios da garotinha começaram a ficar roxos, em seguida, escorreu sangue. Segundo relatos, a menina não foi levada para uma unidade médica assim que ocorreu o incidente, só depois de três horas que seus familiares a levaram para uma unidade médica. A direção do hospital não informou o estado de saúde da vítima.

A criança teve queimaduras nos lábios, boca, língua, aparelho digestivo e pelo corpo

Conforme informações divulgadas pelos médicos que atenderam a menina, Xiaoyun sofreu várias queimaduras nos lábios, na boca, língua e aparelho digestivo e em algumas partes do corpo.

Os melhores vídeos do dia

O superintendente do hospital, identificado como Wang, alerta os familiares que, em tais casos de envenenamento, os familiares nunca devem induzir o vômito, pois pode causar uma perfuração, sangramento ou lesão grave no esôfago e trato digestivo da vítima.

Médicos alertam que nunca se deve provocar o vômito nesses tipos de incidentes

"Em casos de envenenamento, o melhor é se a criança for tratada o mais cedo possível, no prazo de seis horas. Os pais também devem trazer o item que a criança ingeriu acidentalmente ao hospital, pois os médicos podem descobrir a melhor maneira de tratar o paciente", disse Wang. Wang ressaltou se uma criança tiver ingerido acidentalmente querosene ou gasolina, se ela for forçada a vomitar [VIDEO] pode causar uma asfixia. Segundo o doutor, ao logo dos seus 30 anos de experiência, ele já tratou muitos casos semelhantes. Qual a sua opinião sobre esse incidente? Compartilhe seus pensamentos na seção de comentários abaixo.