Em 1º de julho, as fronteiras dos países da União Europeia poderão ser abertas, mas com restrições, segundo informação da Comissão Europeia. O poder Executivo do bloco afirmou que irá barrar a entrada de visitantes que vivem em locais onde a pandemia do novo coronavírus esteja fora de controle.

A medida foi divulgada nesta quinta-feira (11), e já começou a ser elaborada uma lista de países que terão a entrada permitida. Dessa forma, os que residem em território brasileiro e desejam visitar regiões europeias serão barrados, visto que a pandemia do Covid-19 no Brasil se encontra em situação crítica, segundo a OMS.

UE possui regras claras para barrar viajantes

Os parâmetros usados para permitir ou negativar a entrada de viajantes do exterior estão alicerçados no documento elaborado pela Comissão Europeia. As regras tratam da observação quanto ao:

  • Números diários de novas infecções em cada país;
  • Políticas dos governos no enfrentamento da pandemia; e
  • Tendência da epidemia (controlada ou não) em cada país.

O bloco considerará ainda questões como medidas de contenção durante a viagem e a reciprocidade, ou seja, irá barrar a entrada daqueles que não abrirem as portas aos europeus. Outra exigência da Comissão Europeia é que os 27 países membros finalizem os controles nas fronteiras até junho e solicita a abertura aos poucos a partir do próximo dia 15.

No documento ainda consta uma série de regras ligadas a testes, rastreamento e medidas de prevenção.

Segundo, Ylva Johansson, comissária para os Assuntos Internos, a situação da pandemia em cada nação é o principal critério que definirá quem entrará no território europeu e quem não poderá entrar. A UE afirmou que os países serão selecionados tendo como base um conjunto de princípios e critérios claros e objetivos.

Coronavírus: situação do Brasil frente exigências

Um consórcio formado por veículos jornalísticos tem mostrado que o Brasil é o segundo em maior número de casos de coronavírus no mundo e em número de mortes tende a ultrapassar o Reino Unido. De acordo com o estudo, a taxa de contágio mostra uma transmissão que está fora de controle.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgou nesta quarta-feira (10) o registro de 7.096 mortes por Covid-19 em apenas uma semana no Brasil. Isso equivale em média a 1.013 mortes por dia no país.

Esses últimos dados apresentam uma situação que transparece uma falta de controle da pandemia no país e provavelmente brasileiros que queiram visitar regiões europeias certamente serão barrados. Os Estados Unidos adotaram as medidas e informaram que irão barrar os estrangeiros que estiveram no Brasil nos últimos 14 dias. Donald Trump, presidente dos EUA, afirmou que não quer pessoas entrando em seu país e infectando o seu povo.

Mapa de viagens diante do novo coronavírus

A Associação das Empresas Aéreas (Iata) informou nesta quinta-feira (11) que esta disponível na internet um mapa que mostra as restrições das viagens impostas por vários países ao redor do globo, divulgando inclusive os que solicitam medidas de quarentena.

Segundo a Iata, para fornecer informações precisas é utilizado como base a cidadania e o país de residência, portanto é feito a atualização dos dados e informações mais de 200 vezes por dia.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!