O mundo das notícias é complexo, e histórias e imagens falsas costumam ser amplamente compartilhadas nas redes sociais. A equipe editorial da Blasting News identifica as informações enganosas e as fraudes mais populares toda semana para ajudá-lo a entender o que é verdade e o que é mentira. Aqui estão alguns dos boatos falsos mais compartilhados da semana.

EUA

Alegação: Foto mostra evangélicos adorando a estátua de Trump

Fatos: Publicações no Twitter e no Facebook compartilharam uma suposta imagem de líderes evangélicos rezando ao redor de uma estátua dourada do ex-presidente dos EUA Donald Trump. Segundo os posts, a cena teria sido registrada durante a Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC, na sigla em inglês), que ocorreu em Orlando, na Flórida, entre os dias 25 e 28 de fevereiro.

Verdade: Uma busca reversa na internet mostra que a imagem foi manipulada digitalmente para a inclusão da estátua de ouro de Trump. A foto original, tirada em janeiro de 2020 pela fotógrafa da Associated Press Lynne Sladky, mostra um grupo de líderes religiosos orando ao redor do então presidente Donald Trump durante um evento da campanha “Evangélicos por Trump”, em Miami, Flórida.

EUA

Alegação: Pelosi rejeitou apelos para que tropas garantissem segurança do Capitólio

Fatos: Publicações no Facebook alegam que a presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, a democrata Nancy Pelosi, rejeitou seis apelos do sargento de armas da Casa para que tropas da Guarda Nacional fossem enviadas ao Capitólio, a sede do Legislativo federal americano.

No último dia 6 de janeiro, apoiadores do então presidente Donald Trump invadiram o Capitólio, em uma ação que resultou na morte de cinco pessoas.

Verdade: Segundo informações da agência AFP, os pedidos, na verdade, foram feitos por Steven Sund, então chefe da polícia do Capitólio, a Paul Irving, então sargento de armas da Câmara dos Representantes, e Michael Stenger, então sargento de armas do Senado.

“O gabinete da presidente da Câmara deixou claro publicamente e repetidamente que não foi consultado ou contatado a respeito de qualquer pedido pela Guarda Nacional antes de 6 de janeiro”, disse à AFP o vice-chefe de gabinete de Pelosi, Drew Hammill.

Brasil

Alegação: Vacinas da Covid-19 causam 600 casos de doenças oculares e deixam 5 pessoas cegas no Reino Unido

Fatos: Publicações compartilhadas nas redes sociais afirmam que, de acordo com dados do governo britânico, as vacinas contra a Covid-19 já teriam provocado mais de 600 casos de doenças oculares no Reino Unido, sendo cinco de cegueira.

Verdade: As postagens usam como fonte para tal afirmação dados da plataforma Yellow Card (Cartão Amarelo), da Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde do Reino Unido (MHRA, na sigla em inglês). Os posts, no entanto, omitem que a Yellow Card é, na verdade, uma plataforma aberta, onde os cidadãos podem inserir livremente e sem filtros relatos sobre eventuais efeitos adversos de vacinas. “A natureza do relatório Yellow Card significa que os eventos relatados nem sempre são efeitos colaterais comprovados. Alguns eventos podem ter acontecido independentemente da vacinação. Este é particularmente o caso quando milhões de pessoas são vacinadas, e especialmente quando a maioria das vacinas está sendo administrada aos mais idosos e pessoas com doenças subjacentes”, informou o MHRA em comunicado.

Portugal

Alegação: Onda de frio no Texas mostra que aquecimento global não existe

Fatos: Publicações no Facebook questionaram a veracidade do aquecimento global após uma onda de frio histórica atingir o estado do Texas, no sul dos EUA.

Verdade: Em entrevista ao serviço de checagem de fatos do jornal português Observador, o presidente do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável de Portugal, Filipe Duarte Santos, afirma que, devido às alterações climáticas, a maior absorção de energia solar no Ártico têm levado à liberação de grandes quantidades de ar frio, em um fenômeno conhecido como “corrente de jato”, que tem alcançado latitudes onde antes não chegava.

Espanha

Alegação: Fotos mostram novo teto da Catedral de Notre-Dame de Paris

Fatos: Imagens compartilhadas no Facebook e Twitter alegam mostrar um suposto novo teto de vidro da Catedral de Notre-Dame de Paris, destruída em um incêndio em 2019.

Verdade: Ao contrário do que afirmam as publicações, as imagens compartilhadas correspondem apenas a uma proposta feita por um estúdio de arquitetura da Holanda. Em declaração à agência AFP, Michel Picaud, presidente da Fundação Amigos da Notre-Dame de Paris, encarregada de angariar fundos para a restauração da catedral, descartou que as imagens compartilhadas nas redes sociais sejam do telhado atual da igreja ou do projeto escolhido para a reforma. Segundo ele, o telhado da catedral será reconstruído do mesmo modo como era antes do incêndio.

Myanmar

Alegação: ONU 'declarou guerra' a Mianmar após golpe militar

Fatos: Publicações compartilhadas no Facebook alegam que a ONU (Organização das Nações Unidas) “declarou guerra” a Mianmar, quatro semanas após o país do sudeste asiático ser palco de um golpe militar.

As postagens, que mostram imagens de tropas e aviões militares, alegam que 180 países, incluindo os EUA, fazem parte da coalização liderada pela ONU.

Verdade: Em declaração à agência AFP, Stéphane Dujarric, porta-voz do Secretário-Geral da ONU, negou a veracidade da informação compartilhada nas redes sociais. “Apelamos repetidamente às autoridades militares [de Mianmar] para reverter suas ações e restaurar a vontade democraticamente expressa do povo. No entanto, nunca convocamos uma 'guerra' contra os militares”, disse. Quanto às imagens que acompanham os posts, uma busca reversa na internet mostra que elas foram tiradas em 2012 e 2015.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!