Chamado por alguns de “guru do Bolsonaro”, o escritor Olavo de Carvalho, de 73 anos, disse que está com pneumonia. No seu perfil no Twitter, Olavo publicou um vídeo em que aparecem apenas frases sobre o suposto diagnóstico e o cancelamento das aulas de seu curso online de filosofia. Nas imagens, frases apontam um pedido de desculpas aos alunos, informando que não haverá nenhuma aula por causa da sua doença.

No mês de fevereiro, Olavo sofreu com polêmicas na rede social, por ter feito posts negacionistas a respeito da pandemia do novo coronavírus, e, assim, teve as publicações apagadas por violar as regras do Twitter.

Logo depois de ser punido na mídia social, Olavo disse que não iria mais usar a mesma para fazer seus posts. Na publicação, Olavo, em tom ríspido, informou que estava deixando o Twitter, pois a mídia social era “a cracolância da internet”. Além disso, proferiu ainda xingamentos diretos ao CEO do Twitter.

Olavo também disse, via seu perfil na mídia social Facebook, que recebeu a punição por espalhar desinformação. Junto à postagem, Olavo ainda colocou a imagem com a mensagem do Twitter informando que limitariam, temporariamente, algumas funções da sua conta por ter violado as regras de divulgação de notícias e informações que são enganosas sobre a Covid-19.

Na oportunidade, Olavo recebeu apoio de sua base de apoiadora e alunos na rede social, que igualmente criticaram o posicionamento do Twitter em banir o escritor.

Entretanto, para informar seus alunos sobre a suspensão temporária das aulas, Olavo foi à rede social para postar o vídeo.

Filha de Olavo diz que pai mente

Heloísa de Carvalho, filha rompida do escritor Olavo de Carvalho, questionou o pai no último domingo (28), pois o mesmo disse que havia pegado uma pneumonia e tinha sido internado no último sábado (27).

"Infelizmente você mente muito, a gente nunca sabe se é verdade ou golpe. Não me esqueço do que você falou do corte de 30cm, que depois falou que foi 50 cm, nas costas para tirar um tumor que virou cisto na traqueia", publicou ela no Twitter.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!