No início da tarde desta quarta-feira (25) o presidente da República Michel Temer [VIDEO] se sentiu mal, e foi prontamente atendido pelos médicos que ficam de plantão no Palácio do Planalto. Após uma primeira consulta, O estado de saúde do peemedebista chamou atenção dos especialistas que o instruíram a se submeter a exames médicos e uma nova avaliação no Hospital do Exército que também fica em Brasília.

Atendendo as instruções dos médicos, Temer [VIDEO]se dirigiu ao Hospital Militar, acompanhado de sua esposa, a primeira-dama Marcela Temer e de seus assessores.

Embora o presidente tenha saído andando do Palácio do Planalto e ido até o hospital em seu carro oficial, o mesmo foi acompanhado da ambulância presidencial até a unidade hospitalar.

Em nota oficial, a assessoria do presidente Michel Temer informou seu mal-estar publicamente ao país

Por volta das 13h30, uma nota oficial foi divulgada pelo Secretário de Comunicação social da presidência da república Márcio Freitas. Na nota o secretário revelou que o chefe do executivo nacional havia sofrido um mal estar no início da tarde e que instruído pelos médicos que prontamente o atenderam no Palácio do Planalto, o mesmo se dirigiu ao Hospital do Exército para realizar uma bateria de exames e receber o devido tratamento.

Estado de saúde do Presidente da República agita a internet

A notícia de que Temer teria se sentido mal e levado às pressas para unidade hospitalar deu origem a um grande burburinho em todo o país bem como nas redes sociais.

Sendo notificada na TV por meio de um plantão realizado pela Rede Globo [VIDEO], a notícia que instantaneamente após ser repassada pelo meio de comunicação se tornou um dos assuntos mais comentados das redes sociais, originou em diversos memes, produzidos em sua grande maioria por brasileiros insatisfeitos com o governo Temer.

Estado de saúde de Temer é revelado

Embora recentemente uma notícia acerca de um problema cardíaco tenha sido atribuída ao presidente, o mal-estar sentido nesta quarta-feira nada teve a ver com seu coração.

Segundo foi divulgado pelos assessores do peemedebistas, Michel Temer precisou se submeter a uma sondagem vesical de alívio emergencial, a fim de aliviar as fortes dores sentidas durante uma crise.

Buscando tranquilizar o eleitorado, o secretário de comunicação Márcio Freitas ressaltou que o presidente passa bem e que ainda hoje deverá receber alta hospitalar.