O pré-candidato a presidente Jair Bolsonaro [VIDEO] do PEN, nas pesquisas eleitorais só perde para o ex-presidente Luiz Inácio lula da Silva do PT, e isso traz um pouco de preocupação para os democratas.

Existem bons motivos para acreditar que a insuficiência de sua campanha, não tem cativado muito as pessoas com seus projetos radicais, a redução do tempo de propaganda eleitoral na TV e a falta de partidos aliados, vai diminuir sua força política e vai afetar sua candidatura nas próximas Eleições.

bolsonaro, que trazer para o Brasil uma forma de Governar igual a forma que Donald Trump faz no Estados unidos e Marine lE Pen faz na França e Brexit no Reino Unido, que usam soluções radicais para resolver problemas dentro da crise politica e estão tendo sucesso com suas medidas extremistas.

A candidatura de Bolsonaro, está prosseguindo sem nenhuma apresentação de um programa de governo, ou projeto governamental, apenas um corporativismo semi-sindical, protegendo o setor militar.

O pré-candidato lançou sua candidatura, buscando popularidade como figura pública e política [VIDEO], sem dar muito credito para democracia, menosprezando os direitos humanos e deixando para traz as normas sócias. Sempre que é entrevistado, ao falar de seu conteúdo pragmático de sua candidatura, ele demonstra muita ignorância, deixando transparecer não entender muito de Políticas Públicas.

O ponto forte que convence alguns de que ele pode ser um bom presidente, é sua forma de pensar sobre estes assuntos: Direitos humanos, anticomunismo, racismo e feminismo. Acreditasse que nenhum dos candidatos á próxima eleição poderia desempenhar o papel de anti-establishment, quanto Bolsonaro.

Ele pode fazer o papel, pelo fato de não estar vinculado a um partido politico tradicional, mas mesmo assim, acumula boas intenções de votos, sua simpatia no meio da comunicação é baixa, pouco apoio também na área empresarial e não recebe apoio dos movimentos sociais e sindicais.

Analistas ficam divididos ao tentar explicar o fenômeno Bolsonaro

A campanha do pré-candidato é fortalecida pela base e recebe um grande apoio nas redes sócias, que vem lutando contra tudo e contra todos que não apoiam os ideais dele. Apesar disso em suas viagens pelo Brasil, tem sido recebido muito bem por multidões, e tem despertado paixões nas pessoas que assistem suas palestras, e já é considerado um mito entre os jovens que o segue.

Os analistas ficam divididos ao tentar explicar o sucesso que Bolsonaro está tendo no meio político. As pessoas que votam nele consideram este ato como um protesto, potentemente antissistêmicos, os analistas acreditam que isso só contribui para o fortalecimento de seu radicalismo.

Outros analistas acreditam que o punitivismo militar, o qual ele ministra em suas palestras, tem sido abraçada por muitos da sociedade brasileira, e tem se tornado uma espécie de porta voz para os apoiadores.