Guga Chacra, correspondente da globonews, aparentemente se deu muito mal ao noticiar que na Polônia estaria acontecendo uma passeata nazista onde os sessenta mil (60 mil) manifestantes teriam como slogan 'Europa para os brancos' em comemoração ao nazismo.

Veja o post infeliz:

Em episódio recente, William Waack [VIDEO]protagonizou algo parecido, onde foi acusado de ser racista.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Televisão

Imediatamente as redes sociais e a própria opinião pública gerou um tremendo mal estar a ponto do âncora ser afastado da bancada de um dos principais jornais da emissora.

Guga Chacra é corrigido pela própria consulesa da Polônia no Brasil

No caso de Guga Chacra, o buraco foi bem mais embaixo.

Acontece que própria consulesa [VIDEO] Polonesa no Brasil, Katarzyna Braiter, interviu e corrigiu o correspondente nas redes sociais.

Veja:

Ao contrário do veiculado por Guga, na verdade, as pessoas estavam ali para comemorar a Independência da Polônia comemorada no dia 11 novembro.

A manifestação erroneamente narrada como uma manifestação de apologia ao nazismo pelo correspondente da GloboNews, era na verdade uma comemoração contra o Nazismo, haja visto o que a história conta sobre o terrível sofrimento causado por Adolf Hitler e suas tropas aos cidadãos poloneses.

Ao tomar ciência da notícia falsa publicada por Guga Chacra, imediatamente Katarzyna Braiter, consulesa da Polônia no Brasil, tratou de desmentir a mentira abertamente nas redes sociais.

Em dado momento, a consulesa foi enérgica afirmando que o jornalista insistia em mentir, portanto seria enviada uma carta pelo embaixador da Polônia para a redação jornal (no mínimo exigindo retratação pública).

Além de toda essa exposição negativa do jornalista e correspondente internacional, a consulesa reiterou dizendo que tanto sua família, quanto ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial estavam presentes na passeata, que ao contrário do noticiado por Guga, tratava-se de uma passeata de repúdio ao nazismo e às pessoas desse tipo.

O episódio tomou um tom de acidente diplomático e até o Ministério das Relações Exteriores foi acionado:

Diversas mensagens foram postadas por Katarzyna Braiter solicitando a retratação de Guga Chacra e seus seguidores:

O jornalista (Guga Chacra) tentou arrumar a situação dizendo que um fascista teria distorcido seu post, a situação só piorou...

Até a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) comentou o assunto, veja uma das diversas postagens:

Esse é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, assim como o caso de William Waack, Guga Chacra e a Rede Globo serão cobrados de alguma forma pelas redes sociais e pela opinião pública.