O Bonde do Tigrão, responsáveis pelo sucesso da música "Tchu Tchuca", utilizou o Facebook para mostrar indignação com o ocorrido na Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, onde houve um bate-boca entre o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Leandrinho disse que ficou surpreso com a atitude do deputado petista em desrespeitar o ministro. Segundo o vocalista do grupo, o ministro, além de ser uma pessoa de idade, merece respeito.

Na quarta-feira (03), Paulo Guedes foi à Câmara para defender a reforma da Previdência como a saída para evitar que o sistema entre em colapso num futuro próximo. Entre atritos e discussões, a Comissão foi cancelada após Zeca Dirceu chamar o ministro de ser "tigrão" com alguns e "tchutchuca" com outros. Para o petista, a reforma da Previdência de Guedes só privilegia banqueiros e rentistas.

Nervoso com a ofensa, Guedes reagiu e disse que "tchutchuca é a mãe, tchutchuca é a avó".

A sessão teve que ser encerrada após a confusão, faltando ainda vários parlamentares fazerem suas manifestações a favor ou contra a proposta do Governo.

De acordo com o desabafo do cantor, a música "Tchu Tchuca" foi criada com a intenção de elogiar as mulheres e não ser usada em desconexo em um momento que requer seriedade e que tem a ver com o futuro da sociedade.

Declarações de Zeca Dirceu

Em uma entrevista ao portal UOL, Zeca Dirceu disse que não tinha planejado usar a música durante o seu discurso, entretanto, reiterou que não estava satisfeito com as respostas do ministro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Governo

Para chamar a atenção, ele decidiu relembrar a música que ouviu muito em sua juventude.

Na concepção do parlamentar, que é filho de José Dirceu, a reação do ministro da Economia mostrou que ele tem um certo despreparo com o assunto tratado. Ele disse que Guedes mostrou desequilíbrio e falta de habilidade. Para o deputado, o ministro usou desse pretexto da música para poder ir embora e deixar a Comissão.

Zeca Dirceu também fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro. Segundo ele, Guedes não poderia ter se sentido tão ofendido sendo que ele está ao lado de uma pessoa que não é nem um pouco gentil, referind-se a Bolsonaro.

O deputado ainda espera estar frente a frente com Guedes novamente para questionar a reforma da Previdência, da qual é contra.

Inquérito

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou para a Justiça Eleitoral do Paraná os autos do inquérito onde Zeca Dirceu e seu pai são investigados após delações de ex-executivos da Odebrecht.

Todas as informações foram divulgadas no site do Supremo.

Conforme as denúncias, em 2010 e 2014, supostamente a pedido de Dirceu pai, ocorreram repasses para a campanha eleitoral de Zeca no valor de R$ 250 mil. Há suspeitas de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo