O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) respondeu através das redes sociais o elogio que recebeu nesta quarta-feira (10) de Damares Alves. Na ocasião, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos fez políticos darem gargalhadas ao dizer que Gadêlha era "lindo". No entanto, o deputado não teria gostado do elogio.

No Instagram, uma seguidora de Gadêlha comentou uma postagem do deputado sobre a visita da ministra à Câmara dos Deputados: "Fátima Bernardes, estão de olho no seu boy".

Publicidade
Publicidade

Contudo, Gadêlha respondeu o comentário: "diga a ela que pode tirar o Jesus da goiabeira que não vai rolar milagre, não."

Em outra postagem, só que agora no Twitter, Túlio Gadêlha já havia sido irônico com Damares. O deputado disse que a ministra merecia "tratamento especial" e colocou a hashtag "ironia mode on", que significa "modo de ironia ligado".

O elogio de Damares

Damares elogiou o deputado federal após procurá-lo para responder uma pergunta sobre o Conjuve (Conselho Nacional de Juventude), realizada por Gadêlha momentos antes no auditório da Câmara.

Publicidade

Entretanto, o deputado federal não se encontrava mais no local. Damares então soltou o elogio, dizendo aos suspiros e se abanando: "Como ele é lindo, meu Deus". Os deputados presentes caíram na gargalhada.

Ainda nesta mesma sessão na Câmara, Damares Alves também elogiou a deputada Sâmia Bomfim (PSOL-SP), na qual atribuiu que ela era "tão jovem, tão linda, tão inteligente". Quem também recebeu elogios foi a deputada Talíria Petrone (PSOL-RJ), Damares chamou-a de "deputada linda".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Governo

Atrito na Câmara

A sessão da Câmara com a presença da ministra Damares Alves também teve atrito. A deputada Erika Kokay (PT) citou o caso de abuso sexual que Damares sofreu quando era jovem. Na revelação, que ocorreu em dezembro do ano passado, a ministra disse que foi violentada por pastores aos 10 anos de idade e teria visto Jesus no pé de goiabeira, o caso teve muita repercussão.

Erika Kokay lembrou das falas da ministra e disse que nem todas as meninas poderiam ser salvas por Jesus na goiabeira, e enfatizou a necessidade de políticas públicas para combater a questão.

A deputada petista recebeu vaias após as falas.

Em resposta, Damares e parte dos parlamentares que estavam presentes considerou as falas da deputada petista como uma ironia ofensiva. Damares disse que sentiu tom de deboche e declarou para Kokay: "a forma como a senhora falou no primeiro momento machucou muito essa ministra". Damares completou, dizendo que só quem passou pelo que ela viveu, sabe o que é estar no colo de um abusador.

Publicidade

A ministra também disse que não esperava as declarações da deputada, pois Kokay é psicóloga e tem história na Câmara na defesa dos direitos das crianças.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo