A Deputada Flordelis abriu as portas de sua casa e gravou uma entrevista para o programa 'Fantástico', que foi ao ar na noite deste domingo (30). O programa global entrevistou a deputada para saber detalhes da morte do seu marido Anderson do Carmo, que ocorreu em sua casa no dia 16 de junho.

A deputada foi questionada se acreditava na inocência de Lucas, 18 anos, e Flávio, 38 anos, seus dois filhos que estão presos acusados de envolvimento na morte do pastor, e ela disse que não, que não acredita em nada.

Flordelis foi questionada sobre a relação que os filhos tinham com o pai e a mesma disse que eles eram uma família normal, como qualquer outra.

Flordelis disse que o filho Flávio tinha voltado a morar na casa da família após um desentendimento com a esposa e que o mesmo sempre a obedecia e respeitava. Ela afirmou também que o mesmo não tinha problema com o pai. Sobre a relação de Anderson com Lucas, a pastora disse que eles tinham problemas de pai e filho, pois o pastor não aceitava que o mesmo tivesse saído de casa e que estivesse fazendo coisas erradas.

Sobre Lucas, ela ainda disse que ele é um menino muito fechado e revoltado e que isso pode ser devido ao seu passado, pois foi criado pelo pai que era bandido, após sua mãe morrer de câncer. Segundo as imagens de segurança, Lucas esteve na casa momentos antes do crime levando duas mochilas, mas foi embora momentos depois, não estando no local na hora do assassinato do pai.

A deputada foi perguntada sobre o mistério do crime está em sua casa e ela disse que não sabia e disse que confiava em todos que estavam morando com eles naquele momento.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Sobre a noite do crime

Flordelis contou que na noite em que o marido morreu eles saíram para namorar e que foi uma noite muito boa, que curtiram muito. Segundo a mesma, quando chegaram em casa ela saiu do carro primeiro e subiu as escadas, esperando que ele fosse subir em seguida. Ela conta que olhou a casa e estava tudo escuro e silencioso.

A esposa de Anderson conta que quando estava em seu quarto ouviu os tiros, quatro em seguida e depois mais dois.

Ao ser perguntada sobre a questão do laudo ter apontado 30 perfurações, ela disse que só ouviu seis disparos, assim como os filhos que estavam acordados.

Sobre o celular da vítima que ainda não foi encontrado, ela disse que ninguém a entregou e se entregou, não se lembra. A respeito da arma que foi encontrada no quarto de Flávio, Florderlis disse que antes que se prove o contrário ninguém pode dizer que foi Flávio ou Lucas.

A delegada Bárbara Lomba afirmou que Flávio confessou ter dado seis tiros no pai, mas seu advogado vai tentar anular o depoimento por não ter sido realizado na presença de um defensor.

A respeito de estar sendo traída Flordelis afirmou que pode dizer com todo orgulho que não estava, pois quando um homem está fazendo isso a mulher sabe e ele acaba dando sinal. Ela afirmou que não sabia quem teria interesse em ver o seu marido morto.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo