No último fim de semana uma grande tragédia envolveu a família de Flordelis, que é pastora, cantora gospel e deputada federal pelo PSD do Rio de Janeiro. Ela teve o marido executado com mais de 15 tiros na garagem da residência do casal.

Desde que o Pastor Anderson do Carmo foi morto na madrugada de domingo, a polícia trabalha para que os envolvidos no crime sejam presos. No domingo (16), um dos filhos foi preso após prestar depoimento, pois, o mesmo tinha um mandato de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Publicidade
Publicidade

Lucas de Souza, de 18 anos, tinha esse mandato expedido pela justiça de quando ainda era menor de idade. Lucas é um 51 filhos adotados pelo casal de pastores.

Na segunda-feira (17), durante o enterro do Pastor, outro filho do casal foi preso e levado para a delegacia. Flávio Rodrigues de Souza, de 38 anos, é filho biológico somente da deputada, mas também foi adotado pelo Pastor Anderson. Flávio foi preso por ter um mandato de prisão em aberto por ter cometido violência doméstica e também para que pudesse prestar esclarecimentos sobre a morte do padrasto.

Publicidade

Desde o começo das investigações a polícia teria descartado a possibilidade de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, pelo fato do Pastor ter sido atingido por pelo menos 15 disparos principalmente na região da virilha e abdominal. A princípio foi falado que Anderson teria tido uma desavença com um familiar por motivo de dinheiro e essa poderia ser a motivação do crime.

Filho confessa ter tirado a vida do pai

Segundo informações da delegada Bárbara Lomba, da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, que investiga o caso, Lucas teria entrado em contradições em seu depoimento e após saber que as imagens da câmera de segurança mostravam ele claramente na cena do crime, ele optou por confessar o assassinato do pai.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Lucas confessou que matou Alessandro a pedido do irmão Flávio, que foi preso durante o enterro do pai. A motivação seria por causa de uma traição. O Pastor Anderson estaria tendo um caso extraconjugal. Eles descobriram e resolveram matar o homem para defender a mãe Flordelis.

Lucas, um dos executores do crime, acusa o irmão Flávio de ser o mandante e está contando detalhes para auxiliar a polícia na investigação do assassinato.

Como ocorreu o crime

Segundo depoimento da deputada Flordelis, o casal estava chegando em casa na madrugada de domingo, por volta das 04 horas, quando o marido voltou à garagem para pegar algo e foi surpreendido pelos criminosos. Ela alega que na volta para casa teve a sensação de serem seguidos por duas motos.

O Pastor Anderson foi alvejado quando trocava de roupa em um closet que fica ao lado da garagem.

Publicidade

Os cachorros da residência não reagiram aos bandidos e por isso havia a suspeita de ser alguém próximo à família de ter cometido o crime ou mesmo dos animais terem sido dopados.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo