De acordo com informações da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, a presidente do PT, Gelisi Hoffmann, está namorando com o ex-senador Lindbergh Farias, também do PT.

No último sábado (29), os dois foram vistos acompanhados por familiares e amigos em um hotel do Rio de Janeiro. Na ocasião, eles foram hostilizados por um grupo de hóspedes do local citado.

O momento em que tudo aconteceu chegou a ser registrado e compartilhado nas redes sociais. Devido a isso, acabou viralizando. É válido destacar que durante a filmagem é possível ver um grupo de hóspedes do hotel afirmando que eles deveriam ir para Cuba.

Durante a filmagem, também é possível ouvir Gleisi respondendo a sugestão dos hóspedes. Vale ressaltar que a presidente do PT respondeu afirmando que os hóspedes iriam para o inferno.

Ainda no início da noite do último domingo (1°), Hoffmann chegou a compartilhar uma foto do casal responsável por gritar com ela e os demais membros de sua família na ocasião citada. De acordo com a deputada, ela chegou a acionar os seus advogados para tomar as medidas cabíveis para esse tipo de constrangimento.

Ao comentar a respeito da situação, Gleisi Hoffmann afirmou que se considera uma pessoa muito pacífica. Na ocasião, a atual presidente do PT ainda destacou que, para ela, a política deve ser construída com base no embate entre ideias, e nunca ultrapassar esse campo, tornando-se algo físico da forma como fizeram com ela.

Também sobre o ocorrido, Hoffman afirmou que ela chegou a responder os autores da agressão porque não consegue aceitar que esse método de constrangimento exista.

Gleisi fala sobre os ataques sofridos nas redes sociais

Na ocasião, a deputada chegou a se referir a isso como “método fascista de intimidação”.

Ao finalizar a sua fala, Gleisi ainda pontuou que esse modelo de confronto é incentivado e difundido por Jair Bolsonaro, o atual presidente da República.

É possível afirmar que o vídeo que mostra o momento em que os ataques a Gleisi, Lindbergh e a filha da deputada, de apenas 14 anos de idade, aconteceram, pode ser visto em vários portais de notícia atualmente.

O site da IstoÉ, ao comentar a respeito do caso, chegou a disponibilizar a filmagem, que mostra o casal cuja foto foi compartilhada pela deputada, intimidando-a e ofendendo-a.

É válido também destacar que Gleisi recebeu amplo apoio de vários apoiadores do PT e de militantes de esquerda de uma forma geral, que concordaram com a deputada sobre não aceitar esses métodos de intimidação promovidos por seus opositores políticos.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!