No último domingo (1°), o presidente da República, Jair Bolsonaro, esteve no Uruguai para a posse de Luis Lacalle Pou, o novo presidente do país. A posse aconteceu na cidade de Montevidéu, a capital do país, e no Palácio Legislativo da cidade citada. Na ocasião, Bolsonaro foi o último dos chefes de estado presentes a deixar o local e agiu de maneira inesperada.

É possível afirmar que o presidente do Brasil adotou um comportamento diferente dos demais chefes de estado presentes na posse de Lacalle.

Enquanto todos os estadistas deixavam o Palácio Legislativo e se encaminhavam diretamente para os seus veículos, Jair Bolsonaro parou em um espaço isolado por barras de metal e acenou para os presentes. Após esse gesto, o presidente da República recebeu aplausos de algumas pessoas e foi vaiado por outras.

Após o ocorrido, Bolsonaro ainda deu alguns passos a frente e voltou a acenar para a população. Além disso, ele fez um gesto indicando reverência e se curvou na frente das pessoas presentes. Posteriormente, o presidente brasileiro também se encaminhou para o seu veículo e deixou o local em questão, assim como os demais chefes de Estado.

Mais detalhes sobre a posse de Luis Lacalle Pou

É válido destacar que a cerimônia de posse de Luis Lacalle Pou contou ainda com a presença de ministros, congressistas e chefes de Estado. Entre esses é possível destacar o rei Felipe, da Espanha; Sebastián Piñera, do Chile; e ainda Mario Abdo Benítez, do Paraguai. Também estiverem presentes na solenidade alguns familiares do presidente uruguaio, como sua esposa, os seus filhos e o seu pai, o ex-presidente Luis Alberto Lacalle.

Durante o seu discurso de posse, o novo presidente do Uruguai fez elogios ao fato de que desde a ocasião em que a redemocratização do país aconteceu, ainda no ano de 1985, todos os presidentes eleitos pela população conseguiram concluir os seus mandatos de maneira democrática.

O presidente do Uruguai, que pretende ao Partido Nacional, bastante tradicional no país, afirmou que não deseja que a sua posse seja lembrada como uma espécie de troca de uma parcela da sociedade pela outra.

Ao falar a respeito disso, Lacalle Pou estava fazendo referência ao fato de que essa foi a primeira vez em um período de quinze anos em que a Frente Ampla se tornou um partido de oposição no Uruguai.

Depois de todo o discurso, Luis Lacalle Pou deixou o Palácio Legislativo de Montevidéu para se dirigir à Praça da Independência. Na ocasião destacada, o presidente fez uso de um Ford V8, do ano de 1937. O carro pertencia ao bisavô de LaCalle, Luis Alberto de Herrera, que é considero um líder histórico do Partido Nacional atualmente.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!