Autora do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, Janaina Paschoal recebeu holofotes nesta segunda-feira (16) por conta de uma declaração forte a respeito do presidente da República, Jair Bolsonaro. Hoje, a deputada estadual, uma das parlamentares mais votadas do país, fez acusações duras ao presidente Jair Bolsonaro e disse até mesmo se arrepender ter votado nele.

A fala de Janaina Paschoal critica o presidente por conta do ato em que ele esteve no dia 15 de março, em Brasília. Na oportunidade, Bolsonaro se reuniu em Brasília para atos a favor do governo.

Neste ato, Jair Bolsonaro abraçou e esteve próximo a muitos manifestantes, o que, segundo Janaina Paschoal, foi irresponsável tendo em vista que Bolsonaro teve contato recente com pessoas que contraíram o vírus.

Janaina Paschoal sobre atitude de Bolsonaro

“Esse senhor tem que sair da Presidência da República. Deixa o Mourão, que entende de defesa. Nosso país está entrando numa guerra contra um inimigo invisível. Deixa o Mourão que é treinado para a defesa conduzir a nação. Não tem mais justificativa. Como um homem que está possivelmente infectado vai para o meio da multidão? Como um homem que faz uma live na quinta e diz pra não ter protestos vai participar desses mesmos protestos e mandam as deputadas que são paus mandados dele chamar o povo para a rua.

Eu me arrependi do meu voto", disse.

Janaina Paschoal critica atitude de Jair Bolsonaro

Janaina Paschoal não aprovou a atitude de Jair Bolsonaro em abraçar e beijar pessoas durante as manifestações.

Ela disse que o país não tinha tempo para um pedido de impeachment, pois, estávamos sendo atingidos por um inimigo invisível. A deputada ainda pediu que o vice-presidente Hamilton Mourão assumisse o cargo de Jair Bolsonaro, pois, segundo ela, o país precisa de pessoas capacitadas para lidar com a situação e saber conduzir o país.

Ela afirmou que queria acreditar que o vice do presidente fosse capaz para isto.

"Que país é esse? Como esse homem vai lá potencialmente contaminando as pessoas, pegando nas mãos, beijando. Ele tá brincando? Ele acha que pode tudo? As autoridades tem que se unir e pedir para ele se afastar. Nós não temos tempo para um processo de impeachment. Nós estamos sendo invadidos por um inimigo invísivel e precisamos de pessoas capazes e competentes de conduzir a nação. Quero crer que o Mourão é capaz de fazer isso por nós", disse Janaina Paschoal.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!