O ator Carlos Vereza é um dos artistas que sempre deixou muito claro o seu apoio ao atual presidente Jair Bolsonaro, mas as coisas estão mudando nos últimos dias. A chegada do novo coronavírus ao Brasil está dividindo as opiniões da população em relação às medidas de precaução ao combate ao vírus.

E o problema é que a divergência começa lá no alto escalação do governo. Jair Bolsonaro tem se mostrado descrente e se pronunciando sobre as medidas impostas pelo Ministério da Saúde que pede o isolamento social como forma de conter a disseminação do covid-19.

Jair Bolsonaro contra Henrique Mandetta

O Ministro de Saúde Mandetta tem pedido que a população fique em casa e evite sair para lugares aglomerados de pessoas. O comércio do Brasil inteiro já está fechado há alguns dias, sem previsão de volta, para que assim o coronavírus não se espalhe pelo país.

Além disso, o ministro tem orientado a população sobre os hábitos de higiene necessários para evitar a contaminação pelo vírus. Indo contra tudo que o Ministério da Saúde tem pregado, Jair Bolsonaro já saiu em público, inclusive já apertou as mãos de apoiadores.

Bolsonaro chegou a dizer que se ele, que já foi atleta, pegasse a covid-19 seria como se fosse uma gripezinha ou um resfriadinho apenas. Na contramão o ministro da saúde está preocupado, pois se o vírus se espalhar rapidamente, o sistema de saúde não tem estrutura para atender todos os pacientes que precisarem.

Bolsonaro perde apoio de Carlos Vereza

O ator Carlos Vereza sempre usou o seu perfil no Facebook para postar abertamente o seu apoio ao Presidente Jair Bolsonaro e comentar as ações do governo e com a chegada do coronavírus não está sendo diferente. O artista está acompanhando a oposição dentro do próprio governo em relação ao combate do coronavírus.

Nesta sexta-feira postou em seu perfil que estava tentando defender Bolsonaro, nem tanto pela pessoa, mas pela normalidades das instituições. Carlos disse ver ele desautorizar o Ministro da Saúde publicamente por motivos de ciúmes não dá e disse que tirou o seu time de campo. "Tirei o time", escreveu.

Carlos fez outras postagens elogiando Henrique Mandetta e disse que só não havia mais mortes no Brasil, pois as pessoas estavam se mantendo dentro de casa e agradeceu o ministro.

Em outro momento, o ator disse que estava ocorrendo a mesma fritura de sempre e que Bolsonaro estava seus apoiadores radicais para demitir Mandetta.

Carlos Vereza sobre vitimização de Bolsonaro

O ator fez uma postagem onde disse que a estratégia do presidente de se vitimizar já estava repetitiva, previsível e cansativa. De acordo com o artista, o presidente sempre elege um inimigo, seja ele real ou imaginário, para que quando alguém do seu governo se destaca por ser competente é fritado e expelido sem remissão e ele se diz traído por quem sempre confiou. O famoso disse que Jair Bolsonaro tem um projeto de poder pessoal e o negócio é saber se o Brasil faz parte dessas ambições.

O ator recebeu muitos ataques por expor a sua opinião sobre a forma que Bolsonaro está conduzindo o Brasil e por isso tomou a atitude de fechar o seu perfil deixando suas publicações apenas para os amigos.

Ele disse que estava fazendo isso por causa dos bárbaros fanáticos criados por Bolsonaro.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!