A atriz Regina Duarte resolveu mudar sua vida drasticamente após aceitar o convite do Presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria da Cultura no começo de março de 2020. Fato é que a atriz não deu certo no cargo e foi tirada dele nesta quarta-feira (20), mas antes disso foi duramente criticada por diversas pessoas, principalmente por artistas, seus colegas de profissão.

Regina Duarte no governo Bolsonaro

A atriz não teve muito apoio desde que deixou a Rede Globo de Televisão, onde tinha uma carreira de mais de 50 anos, para entrar na política. Ela foi muito criticada desde o começo e principalmente durante esse período de pandemia, sendo acusada pelos ex-colegas de profissão de não fazer nada para ajudá-los nesse momento de crise.

Após uma entrevista polêmica de Regina Duarte à CNN Brasil, a filha da artista, a também atriz Gabriela Duarte, sofreu muitos ataques em seu perfil no Instagram. Muitas pessoas que não gostaram das coisas que a até então secretária da cultura disse na entrevista e foram atacar a moça nos comentários das suas postagens, pedindo inclusive que a atriz interditasse a sua mãe e questionando se ela foi sempre assim.

Regina, após sair da Secretaria da Cultura, assumirá a Cinemateca de São Paulo nos próximos dias. Segundo Bolsonaro, ela estava sentindo falta da família e em São Paulo continuará trabalhando para o governo, mas perto de casa. Gabriela Duarte não tinha se pronunciado até o momento sobre a posição política da mãe, mas resolveu fazer no começo da noite desta quinta-feira (21).

Postagem de Gabriela Duarte

A filha de Regina Duarte postou uma foto com um ponto de exclamação e na legenda resolveu falar o que pensa sobre política. A atriz começou o texto com a palavra, escolhas e disse que um artista pode se manifestar sobre política se quiser e que alguns fazem isso e tem suas razões, mas disse que essa não é uma escolha dela.

Segundo Gabriela, sua profissão já é política em muitos aspectos, mas que isso não faz com que ela não se posicione, mas que faz isso como uma cidadã normal que vota e exerce seu direito de escolher os candidatos que acha capaz de representá-la.

Gabriela deixou claro que não traz suas posições políticas para sua vida pública e que divide seus pensamentos e opiniões sobre política com pessoas próximas a ela.

A artista disse que não sente necessidade de fazer mais que isso e que não sente no direito de influenciar outras pessoas politicamente.

Escolhas para Gabriela Duarte

A atriz disse que são escolhas e que as escolhas são individuais. Segundo a moça, todos possuem liberdade de pensar por si próprio, inclusive no meio familiar, visto que somos o que escolhemos e batalhamos para ser. A famosa disse que quando crianças seguimos os exemplos das pessoas mais próximas, mas que a vida amplia e as referências também. "Não tenho necessidade de mais do que isso, nem me sinto no direito de influenciar politicamente quem quer que seja. São escolhas, e escolhas são individuais", disse.

Gabriela Duarte desabafou ao dizer que à medida que crescemos começamos a ter nossas próprias ideologias e percebemos que não é preciso mais seguir os modelos da infância e adolescência, e que isso é amadurecer.

Para a artista, isso não quer dizer que não existirá mais afeto, amor, gratidão e respeito por quem nos criou, muito pelo contrário.

Para ela, essas pessoas devem ser apreciadas e honradas diariamente, mas que é preciso entender que uma família não precisa funcionar como um grande bloco, com os pensamentos sempre únicos. A filha de Regina Duarte disse que cria seus filhos para que sejam livres e para que possam formar os próprios pensamentos.

De acordo com a famosa, o fato de serem seus filhos não os obriga a serem como ela é e que espera que sejam pessoas melhores. A atriz terminou sua publicação dizendo novamente que escolhas são individuais e que cada pessoa adulta deve cuidar do seu CPF e RG.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!