Durante este sábado (6), Jair Bolsonaro informou através de seu Twitter as justificativas para a mudança no horário de divulgação nos dados referentes à Covid-19 no Brasil. Vale destacar que no último informe concedido pelo Ministério da Saúde, várias informações foram omitidas e, logo depois, na sexta-feira (5) o site passou por manutenção. Até o fechamento desta matéria, o mesmo ainda não havia voltado ao ar.

Em sua rede social, Bolsonaro promoveu uma série de explicações para as mudanças envolvendo divulgação de dados, bem como maiores informações referentes à pandemia de coronavírus que se alastra no Brasil.

De acordo com Bolsonaro, as mudanças se referem à mudança nos quadros referentes à doença. Segundo ele, "a maior parcela [da população] já não está mais com a doença", escreveu.

Além disso, Bolsonaro fez questão de ressaltar que os números já não mais refletem o momento vivido no país, o que vai de encontro à sua fala em coletiva concedida no palácio da Alvorada, na última sexta-feira, quando "pediu" que o Jornal Nacional informasse as mortes do dia, e não o acúmulo de dias anteriores.

'Acabou matéria no JN', diz Bolsonaro aos risos

No dia anterior aos tuítes, Bolsonaro falou brevemente sobre a mudança de horário na divulgação dos dados do coronavírus no Brasil. Sem nenhuma menção ao caso, Bolsonaro falou, em tom de piada, que não haveria mais matéria no "Jornal Nacional", em virtude do retardamento na divulgação.

A fala do presidente arrancou risos dos apoiadores que acompanhavam sua entrevista.

Em seguida, após a fala, Bolsonaro explicou o atraso, e comentou que se dava à necessidade de reportar dados mais bem apurados e consolidado. De acordo com o presidente, após os cerca de 70 dias da pandemia, foi possível divulgar os dados concretos mais cedo, apesar de que a planilha de divulgação conste como os dados apurados até 19h.

Por fim, Bolsonaro ainda atacou novamente a Globo e seu setor de jornalismo, destacando que os dados não precisam ser apurados rapidamente para atender à emissora, e seguiu com críticas à Rede Globo.

Rede Globo responde em nota

Após as falas de Bolsonaro em referência à emissora, a Rede Globo lançou uma nota referente ao posicionamento do presidente e também apontando sobre as críticas desferidas pelo mesmo.

De acordo com a Globo, o público será capaz de julgar se o chefe de estado agiu certo em um primeiro momento ou está agindo agora. Destacou ainda as motivações técnicas alegados por Bolsonaro.

Ao final da nota, resumidamente, a Rede Globo ainda pontuou que a Rede Globo corre para atender ao público com os números mais atualizados referentes à pandemia.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!