O prefeito do Rio de Janeiro e candidato à reeleição, Marcelo Crivella (Republicanos), subiu o tom contra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e chegou a disparar palavras ofensivas contra o tucano. O fato ocorreu na noite desta quarta-feira (18), durante uma reunião na Barra da Tijuca com filiados que disputaram a eleição para vereador.

Em um vídeo publicado em nas redes sociais, Crivella aparece falando sobre as Organizações Sociais de Saúde (OSs). "Sabe de quem é essa OS? Essa é de São Paulo, é do Doria, viado, vagabundo", disparou o prefeito carioca. Algumas OSs que atuam no Rio de Janeiro possuem sede em São Paulo.

O vídeo de Crivella ofendendo o governador paulista foi divulgado em uma rede social pertencente a Sandro Avelar. Ele é presidente da escola de samba Império Serrano e apoia Eduardo Paes, candidato do DEM que disputa com Crivella o segundo turno das Eleições para a prefeitura do Rio..

Crivella pede desculpas

Em uma nota enviada na manhã desta quinta-feira ao portal G1, Marcelo Crivella pediu desculpas ao governador João Doria. O prefeito disse que sua fala foi dita em "um momento de revolta pela OS reter o salário de médicos e enfermeiros mesmo tendo recebido da prefeitura".

Crivella se referia à reclamação feita por funcionários do Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, que disseram que não receberam nem 30% de seus vencimentos no mês.

Essa unidade é administrada pela OS Cejam, cuja sede fica em São Paulo.

Doria rebate Crivella

João Doria parece não ter aceitado o pedido de desculpas feito pelo prefeito carioca e usou sua conta no Twitter para rebater a fala de Crivella. Em sua postagem, o governador diz que lamenta que um pastor, que deveria servir de exemplo, faça ataques usando palavrões e o preconceito para se referir a um governador.

A postagem diz ainda que o prefeito se apequenou e que “lamentavelmente encerra seu ciclo de forma melancólica”.

Paes lidera pesquisa

A primeira pesquisa feita pelo Ibope para o segundo turno das eleições na cidade do Rio de Janeiro apontou que o candidato do DEM, Eduardo Paes, aparece liderando as intenções de voto.

Ele conta com 53%, contra 23% de Marcelo Crivella. Eleitores que disseram que irão votar em branco, nulo ou nenhum deles somam 21%, enquanto que 2% não sabem ou não quiseram responder.

Quando são apenas computados os votos válidos, ou seja, excluindo da pesquisa os votos brancos, nulos e de eleitores indecisos ou que não souberam responder, Paes aparece com 69%, contra 31% do atual prefeito.

A pesquisa ouviu 1.001 eleitores na cidade do Rio de Janeiro, entre os dias 16 e 18 de novembro. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos.

Siga a página Eleições
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!