O senador Major Olímpio (PSL-SP) morreu nesta quinta-feira (18), aos 58 anos, vítima de complicações da Covid-19. Desde o início deste mês, o senador estava internado no hospital São Camilo, em São Paulo. A notícia da morte foi confirmada pela assessoria do senador em suas redes sociais.

Perfil nas redes sociais confirma morte do senador Major Olímpio

O perfil oficial do senador soltou uma nota de pesar informando o falecimento do político. Na nota dizia que com muita dor no coração estavam informando que Olímpio morreu de morte cerebral e que por causa disso a família deveria aguardar 12 horas para poder fazer um comunicado oficial.

Isto porque a lei determina que em casos como esses, este tempo deve ser cumprido para que possa oficializar a morte do indivíduo. Além disso, a nota destacou que estão analisando quais os órgãos que serão doados. Ao final do comunicado, agradeceu ao senador por tudo que ele realizou por todos e pelo país.

Segundo informações do portal UOL, na terça-feira passada Olímpio apresentou melhora e foi extubado. Entretanto, um dia depois ele piorou e voltou a ser intubado. Funcionários do gabinete do político informaram que a situação dele na manhã desta quinta-feira era “gravíssima” e que os médicos teriam dito à família que apenas um milagre permitiria que ele escapasse desta situação.

Diego Freire, assessor e impressa de Olímpio também esta sofrendo com os efeitos da doença.

Ele está internado na UTI em um hospital de São Paulo e segue com comprometimento grave dos pulmões. Porém, ele tem apresentado melhora. Diego freire se contaminou com o vírus na mesma época que o senador, em uma romaria de prefeitos que estavam protestando.

Personalidades e políticos lamentam morte do senador Major Olímpio

Diversas personalidades e políticos lamentaram a morte do Major Olímpio nas redes sociais.

O ex-ministro Sergio Moro destacou as características do senador, dizendo que ele era um grande homem público e deu os pêsames para a família. O ex-juiz finalizou dizendo que os tempos são tristes.

Alexandre de Moraes, ministro do STF, também lamentou a morte do senador. Ele disse que espera que todos possam ser unir para combater esta crise na saúde que tem tirado a vida de milhares de pessoas.

João Doria, governador de São Paulo, demostrou solidariedade à família do senador e lamentou que ele foi mais uma vítima do vírus.

Luciano Bivar, que é o presidente nacional do PSL, sigla da qual Major Olímpio fazia parte, soltou uma nota lamentando a morte do político. Bivar destacou que a morte do colega deixou todos sem chão e que só restava se solidarizar com a família por este momento tao delicado e difícil. Ao final ele pediu proteção divina para todos.

Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!