A conversa do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), com o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) está em discussão no meio da política. Diversos parlamentares se manifestaram acerca da conversa e do pedido de Bolsonaro cobrando abertura de processo de impeachment contra ministros do STF. Dentre os políticos que comentaram o pedido do presidente, está o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que se manifestou nas redes sociais sobre o assunto e falou sobre a gravidade da situação.

Maia comenta conversa entre Bolsonaro e Kajuru

Em sua conta do Twitter, o deputado Rodrigo MaIa afirmou que a conversa entre Kajuru e Bolsonaro, "articulando contra uma CPI e um ministro do STF ", é algo gravíssimo.

Ele também afirmou que a própria CPI poderá investigar a conversa do presidente que foi divulgada neste último domingo (11).

Parlamentares também criticam conversa de Bolsonaro com Kajuru

Além de Maia, outros parlamentares, críticos de Bolsonaro, também se manifestaram sobre o assunto. Dentre eles, o deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ), que afirmou que o diálogo de Bolsonaro e o senador é uma prova a mais de que o presidente está tentando interferir no Legislativo e tentando causar intimidação no Supremo.

O deputado defendeu que o objetivo da instalação da CPI da Pandemia não deve ser alterado e destacou que o presidente deve estar temendo as investigações e, por conta disso, está tentando sabotá-las.

O deputado José Guimarães (PT-CE) disse que a ficha no Palácio do Planalto ainda não caiu e pontuou que a gravação da conversa entre Bolsonaro e o senador é um escândalo politico, uma conspiração contra as instituições estabelecidas pela democracia.

O deputado defendeu a abertura de um processo de impeachment contra o mandatário.

O que diz a conversa entre Bolsonaro e Kajuru

Bolsonaro e Kajuru conversaram por telefone no sábado (10), e o senador divulgou o dialogo em suas redes sociais neste domingo (11).

Na conversa, Bolsonaro cobra que o senador abra processo de impeachment contra os membros do Supremo, pois, segundo ele, a CPI da Covid irá apenas investigá-lo e elaborar “um relatório sacana” contra sua atuação na pandemia. Para o presidente, a culpa da quantidade de mortes por Covi-19 no Brasil se deve à atuação de governadores e prefeitos, que, segundo ele, deveriam investir todo o dinheiro que recebem do Governo federal em hospitais, postos e combate ao coronavírus.

Em tom de cobrança, Bolsonaro questionou o senador porque ainda não atenderam aos pedidos da população que, segundo ele, tem cobrado a abertura de processo de impeachment contra os ministros do STF. Kajuru respondeu que ele já solicitou impeachment do ministro Alexandre de Moraes.

Quando ouviu isso, Bolsonaro disse que Kajuru é "10", mostrando-se feliz com o que ouviu.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!