Uma Mulher de 59 anos de idade teve a casa invadida na manhã desta quinta-feira (3) por dois indivíduos no município de São Sebastião do Caí, no Rio Grande do Sul. Dentro da residência, ela foi espancada, golpeada com uma faca e depois estuprada pelos invasores.

Depois do ocorrido, a mulher foi socorrida pela Brigada Militar e encaminhada para o Hospital Montenegro, onde se encontra internada na UTI da unidade de saúde. Seu estado é estável e ela não corre risco de morte.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Lúcio Mello, dois suspeitos, um de 20 e outro de 30 anos de idade, foram identificados pelos agentes civis como os autores do crime bárbaro.

Mais tarde, buscas foram realizadas pela região e os agentes conseguiram encontrar os dois homens dormindo em um matagal da região. Com os suspeitos já detidos, a Polícia encontrou o aparelho celular da vítima e também alguns doces que os homens haviam roubado do interior da residência.

Em depoimento, um dos homens afirma ter espancado a vítima e a esfaqueado

Um dos suspeitos relatou em seu depoimento à polícia que um deles ficou do lado de fora na hora da invasão enquanto o outro entrou na residência.

No interior da casa, a mulher e o invasor começaram a brigar entre si, o que fez com que o homem começasse a agredi-la severamente, causando-lhe muitos ferimentos, e só parou de bater nela quando achou que ela estava sem vida. Na hora da agressão, o suspeito ainda teria esfaqueado a vítima com uma faca encontrada no local do crime. Antes de perder completamente a consciência, a vítima teria relatado à Polícia Militar que também havia sido estuprada pelo invasor.

Ainda segundo o delegado Lúcio Mello, os homens que tiveram a prisão preventiva decretada moram bem próximos da vítima, a cerca de duas residências da dela, e teriam se aproveitado que o marido dela havia saído para o trabalho para invadirem a residência por volta das 7h.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia Mulher

Segundo o delegado Mello, os dois homens sabiam que o marido sempre deixava algum valor em dinheiro com a vítima antes de sair de casa para ir trabalhar. O caso chocou muito os moradores da região.

Os dois homens foram presos e serão indiciados por roubo e também por estupro, e aguardam vaga para serem remetidos para uma instituição prisional. O caso está sendo devidamente investigado pela Delegacia de Polícia Civil do município de São Sebastião do Caí.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo