Na tarde deste último domingo (6), um casal foi encontrado morto no quarto de um resort em Olímpia, no interior de São Paulo. Edson Fernandes, de 24 anos, e a esposa, Rubia Alves de Oliveir, de 22, foram encontrados ao lado da cama, próximos a um botijão de gás. A Polícia Civil investiga o caso.

Foi um amigo do casal quem encontrou os dois no quarto e, segundo ele, Edson estava com a mangueira de gás na boca, o que fez com que a polícia suspeitasse de duas hipóteses. A primeira é de que Edson teria matado a esposa, pois ela queria se separar dele, e depois teria cometido suicídio.

Publicidade

A segunda é que os dois tenham inalado o gás e cometido suicídio por conta própria. O casal deixa um filho.

Ambos eram de Guarulhos, na Grande SP, e estavam hospedados no resort a trabalho, onde prestavam serviço em uma pista de patinação. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para apurar a causa das mortes.

Instituto Médico Legal comprova morte por asfixia de gás

Segundo Ricardo Afonso Rodrigues, delegado responsável pelo caso, foi comprovada a morte do casal por asfixia através dos exames feitos pelo Instituto Médico Legal (IML).

O colega da vítima prestou depoimento e relatou já ter visto Edson inalando o mesmo gás encontrado no quarto em uma brincadeira. O gás era usado diariamente no trabalho do casal em sistemas de refrigeração.

Agora resta à polícia descobrir como aconteceram as mortes. A principal hipótese é a de um feminicídio seguido de suicídio, ou seja, Edson teria feito a companheira inalar o gás enquanto dormia e depois teria inalado por conta própria até sua morte [VIDEO]. Entretanto, segundo o delegado Ricardo Afonso, somente os exames periciais irão indicar o que aconteceu mais precisamente, já que Rubia não tinha marcas ou sinais de luta corporal.

Publicidade

Pedido de separação

Segundo pessoas ouvidas pela equipe da Polícia Civil responsável pelo caso, o casal estaria vivendo uma crise conjugal. Os dois estariam inclusive vivendo separados e Rubia já teria pedido a separação para Edson, mas o companheiro não estava aceitando bem a ideia e continuava insistindo para reatar com a jovem.

O que é feminicídio?

O crime de feminicídio se qualifica quando um homicídio é cometido contra uma mulher, marcado pela desigualdade de gênero. Mas para caracterizar esse tipo de crime são essenciais que se conheçam suas características, para assim programar as ações efetivas.

No Brasil, o feminicídio é considerado um crime hediondo.