Para inserir pessoas com deficiência no mercado de trabalho, o governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), divulgou nesta segunda-feira (2) o programa “Meu emprego – Trabalho Inclusivo”.

O projeto irá disponibilizar 61 cursos gratuitos para esta parcela da população, nas áreas do comércio e serviços.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico colocará à disposição desse público alvo cerca de 17 mil Vagas. Segundo o Governo de São Paulo, o estado possui atualmente cerca de 9 milhões de pessoas com deficiência.

Para se cadastrar no programa, candidatos e empresários devem acessar o site trabalhoinclusivo.sp.gov.br.

Com este projeto, o governo do estado pretende também elevar o nível de conhecimento dos candidatos, garantindo a inserção e permanência deles no mercado de trabalho.

Ações

Para os moradores da capital e região metropolitana, os serviços estarão disponíveis nos Polos de Empregabilidade Inclusivos (PEI). Os moradores de outros municípios, por sua vez, devem utilizar o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT).

Estes órgãos também estão autorizados a emitir carteira profissional e a providenciar o seguro-desemprego.

Entre as ações do programa está a qualificação profissional e empreendedora dessa população, por meio do Centro Paula Souza (CPS) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae). Outro ponto é a chamada busca ativa, que tem por objetivo aumentar a taxa de ocupação das vagas cadastradas, com uma estimativa de inserir cinco mil pessoas no mercado de trabalho.

Segundo o governo, está programada também a realização de avaliações médicas e de funcionalidades para análise específica das habilidades do candidato, recomendando as melhores funções e trabalhos de acordo com suas aptidões.

O desempenho do candidato será ainda acompanhado, possibilitando aumentar a taxa de permanência e desenvolvimento profissional da pessoa com deficiência no mercado de trabalho.

O programa funciona também como suporte ao setor de Recursos Humanos (RH) das empresas contratantes.

O projeto também prevê entrevistas individuais com os candidatos para o mapeamento das habilidades e perfis profissionais.

Não perca a nossa página no Facebook!