O que somos? De onde viemos? Para onde vamos? Essas questões transcendem a experiência humana, habitam o imaginário de todos os habitantes em suas respectivas sociedades no decorrer da história da humanidade.

Sábios ou tolos, poderosos ou oprimidos, todos tiveram e ainda terão o seu tempo final de existência. Partindo desse princípio, o que realmente importa é o que vem após esse tempo de vida.

O cantor britânico Harry Styles consolidou a carreira na boy band One Direction.

Após o fim do grupo, o vocalista começou a carreira solo. Styles não deu início a essa fase com uma Música que falasse a respeito de festas, romances ou juventude. Diferente de vários outros artistas da cultura pop, ele lançou sua carreira falando a respeito do fim do mundo.

Em uma entrevista à revista Rolling Stones, em 2017, Harry afirmou: "A maioria das coisas que me chateia no momento não é de política, são de princípios (...)".

Uma das mensagens iniciais da letra de "Sign of the Times" é questionar o fato de estarmos vivendo hoje os mesmos problemas do passado, como se o ser humano não aprendesse com os seus próprios erros.

Dessa forma, sempre se envolvendo em uma crise moral por falta de princípios. "Direitos iguais para tudo, todas as raças, todos os sexos, tudo (...) 'Sign of the Times' veio com a ideia de que não é a primeira vez que passamos por um momento difícil, e não será a última", disse Harry Styles.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Música

Um ponto a ser considerado é que a melodia da música possui referências do rock britânico que fez sucesso nos anos 1970. Nessa época, foram debatidas diversas pautas sobre igualdade e justiça sob o ponto de vista de várias vertentes políticas e ideológicas, causando conflitos geopolíticos no mundo inteiro.

No fim de todos esses conflitos do século passado, o socialismo não vingou como uma grande solução para os problemas da humanidade.

Mesmo em sociedades capitalistas, os mesmos problemas do passado ainda existem e são discutidos na atualidade.

"A música é escrita do ponto de vista de como se uma mãe tivesse dado à luz uma criança e houvesse uma complicação. Dizem para a mãe: 'a criança está bem, mas você não irá sobreviver'. A mãe tem cinco minutos para dizer à criança, 'vá em frente e vença'", disse Harry Styles, que usou essa analogia para explicar a ideia central da canção.

A mensagem da letra de "Sign of the Times" passa por três fases distintas e não explícitas, que são: aceitação, dúvida e esperança. O fato de existir uma crise de princípios na humanidade significa que nunca aprenderemos com os nossos erros.

Assim, nunca encontraremos soluções para os problemas da humanidade, o que levará ao fim do mundo e da existência de cada um de nós. A mensagem inicial da música dá uma "ordem" para que aceitemos e compreendamos o "sinal dos tempos", ou o fim do mundo.

No decorrer da letra, são levantados os questionamentos da nossa existência, do ponto de vista de que, se no mundo existem tantos problemas, os quais não podemos resolver e estamos fadados à destruição, então, por que estamos aqui?

A música fala que devemos ser felizes, aproveitar o máximo que a vida tem para oferecer como uma forma de nos prepararmos para um futuro próximo. A solução final que a música apresenta é que, "além da atmosfera", existe um nível superior de existência.

Quando tudo isso acabar, devemos fugir para um lugar bem longe daqui, onde finalmente entenderemos o que realmente importa e seremos livres.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo