A novela 'O Sétimo Guardião' ficará marcada na teledramaturgia brasileira como uma das mais polêmicas da história. Tudo porque, desde o início da trama, Aguinaldo Silva já vem sofrendo com entraves burocráticos e judiciais em relação ao roteiro da novela. Já no decorrer da trama, outros fatores também impactaram o trabalho de um dos noveleiros mais reconhecidos do Brasil e da Globo. Um grupo de alunos do autor reivindicou na Justiça os direitos sobre a ideia e sobre o primeiro capítulo.

A ideia inicial da novela era mesmo impactar o público com uma proposta bem diferente da que vinha sendo apresentada na faixa de horário das 21h. O autor propôs trazer para o público uma realidade paralela que, por vezes, afastava-se do mundo real, com um gato virando homem, uma fonte que tinha vontade própria e até, em determinado momento, um carro do futuro que saía voando pelas ruas de Serro Azul.

Entretanto, o público não aprovou inicialmente o conceito de ficção surreal e os indicadores de audiência começaram a mostrar que algo ia mal. Na sequência, o que se viu foi uma "guerra não declarada" nos bastidores da novela, após a separação de José Loreto. A questão acabou envolvendo os três principais protagonistas da novela, Marina Ruy Barbosa, José Loreto e até Bruno Gagliasso, que se voltou contra a ruiva.

É que Marina foi acusada de ser o pivô da separação do ator, o que nunca ficou comprovado. Em meio a tanta confusão. a trama termina nesta sexta-feira (17), com baixos índices de audiência. O autor ainda tentou inserir um serial killer na história, mas não teve a repercussão necessária para "virar o jogo" da audiência. Para acirrar ainda mais os ânimos da trama, Aguinaldo Silva ainda postou uma foto em seu Instagram com uma legenda "provocativa" e tendo ao seu lado a protagonista da trama, Marina Ruy Barbosa, a Luz de "O Sétimo Guardião".

Aguinaldo Silva faz postagem polêmica

A postagem que gerou polêmica do autor pode ser vista a seguir e mostra Aguinaldo ao lado de Marina e agradecendo, tão somente, seus quatro assistentes de roteiro: Joana Jorge, Maurício Gyboski, Zé Dassilva e Virgílio Silva. O UOL, por exemplo, estranhou o fato dele simplesmente ignorar os companheiros de sala, seus alunos.

Entretanto, ainda mais grave, o fato dele fazer uma homenagem à sua mocinha da trama, Marina, e ignorar os demais integrantes do elenco da novela.

Cabe lembrar que o elenco ainda é composto por nomes de alta relevância no meio noveleiro do Brasil, como Tony Ramos, Lilia Cabral, Edu Moscovis, Bruno Gagliasso entre outros.

Veja abaixo a postagem que gerou polêmica do autor agradecendo apenas Maria Ruy Barbosa e aos quatro co-autores da trama. "Obrigado, ruiva. E obrigado também aos quatro co-autores - Joana Jorge, Mauricio Gyboski, Zé Dassilva e Virgílio Silva -, que também deram tudo de si nesta novela", disse.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo