Nesta sexta-feira (29), a unidade das Lojas Americanas no Shopping Interlagos, em São Paulo, foi alvo de algazarra por parte de consumidores, onde uma confusão generalizada tomou conta dos consumidores que chegaram a atirar produtos uns nos outros, seguidos de socos e pontapés, conforme mostra no vídeo que circula nas redes sociais.

A confusão começou no momento em que a loja estava sendo aberta. A fila já era formada desde a quinta-feira (28), devido à Black Friday proposta pela rede varejista. Na ocasião, os funcionários tiveram que chamar a Polícia Militar para controlar a situação, mas infelizmente muitos produtos já estavam espalhados pelo chão. A situação foi controlada e a polícia não prendeu ninguém.

Em Fortaleza

Na unidade das Lojas Americanas no North Shopping, em Fortaleza, as portas abriram à meia-noite desta sexta (29), e um grande número de consumidores entrou derrubando as portas, segundo Lorena Fernandes, em entrevista ao jornal O Povo, que estava no local.

Em meio à longa fila, muitas pessoas esperavam deitadas no chão da loja em meio aos produtos derrubados pelo chão. Segundo a cliente, durante a madrugada, o máximo que conseguiu junto com sua amiga foi passear pela loja devido ao grande tumulto no estabelecimento que foi diminuindo por volta das 3h.

Nessa Black Friday, os produtos mais procurados são os de higiene pessoal, tais como desodorantes, sabonetes, xampus e peças íntimas diversas, bem como os eletrodomésticos, tais como micro-ondas, liquidificadores, ventiladores dentre outros.

As filas chegaram a ficar do lado de fora somente para pegar carrinhos e cestos. As Americanas chamam a atenção apesar das reclamações que giram em torno da falta de caixas suficientes, atendentes e agilidade.

Até o momento a rede varejista não informou qual o valor dos prejuízos nessa Black Friday.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia Fofocas

Ranking de reclamações

Apesar do grande tumulto e desejo de compra, as Lojas Americanas continuam no ranking de reclamações por parte dos consumidores, juntamente, com McDonald's, Burger King, MercadoPago, Magazine Luíza e entre outras.

De acordo com as reclamações, existe bastante propaganda enganosa, falha na finalização de compras e divergências nos valores veiculados. O Procon informou que desde quinta-feira (28) recebe ligações de consumidores que reclamam, pedem orientação ou fazem consultas.

O principal alvo das reclamações são as falsas informações sobre os preços dos produtos no ato de finalização da compra. Também se constatou reclamações nos produtos de celulares que é um dos itens mais procurados nessa época do ano em que o Black Friday sempre acontece.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo