É sabido que a pandemia do novo coronavírus está assustando a população cada dia mais, e o índice de pessoas infectadas com a doença só tem aumentando, além do alarmante número de vítimas fatais também. Por causa disso, foi exigido pelas secretarias de saúde um medida séria de isolamento, fechando muitas empresas e estabelecimentos, o objetivo é que todos fiquem em casa, porém essa ideia prevê um série crise financeira do país.

Com isso os mais desesperados são pequenos e grandes empresários que sofrem com a ideia de perder o seu negócio com essa medida de proteção contra a disseminação da doença.

Não obstante, muitos empresários em um ato desesperador de salvar suas empresas são capazes de mundos e fundos, até mesmo situações muito perigosas e diversas vezes fraudulentas , arriscando ainda mais fracassarem.

Devido a isso, a Receita Federal tem reforçado ações e operações de combate à fraude durante pandemia do novo coronavírus, pois há muitos maliciosos que esperam uma oportunidade de desespero dessas para fraudar empresários que estão desesperados e até fragilizados mentalmente com a crise. Por conseguinte, a segunda fase da operação Saldo Negativo tem o objetivo de alertar sobre o grande risco de aparecer "soluções fáceis" em tempos tenebroso como esse, pois os empresários estão fragilizados com a crise e muitos são capazes de qualquer coisa para não perder sua fonte de rendimentos, e em um ato de desespero não analisam muito o que está sendo oferecido e podem ser enganados.

Criminosos oferecem créditos falsos

Além disso, esses tipos de criminosos oferecem falsos créditos e até soluções milagrosas aos empresários, que por estarem vulneráveis acabam caindo no conto do vigário. Por isso, a ideia é reforçar ainda mais as ações e operações de combate à fraudes que tendem a crescer ainda mais durante essa pandemia do novo coronavírus.

Ademais, já foi identificado algumas situações criminosas do tipo, e a possibilidade que isto aumenta ainda mais nesse período tem deixado a Polícia Federal atenta, que também tem procurado investigar casos suspeitos e alertar a população a respeito do assunto, para que tomem cuidado para não se enganarem com falsas promessas.

Conclui-se que , com o intuito de evitar que ocorra fraudes e diversos empresários sejam enganados nessa época tão caótica de combate a pandemia do novo coronavírus a Receita Federal fortaleceu ainda mais as suas operações para combater as fraudes , pois diversas empresas estão paradas e correm grande risco de fecharem ou enfrentarem uma séria crise financeira levando seus empresários a procurarem soluções milagrosas, caindo em sérias enrascadas e ainda fracassarem de vez. Tal medida tem autorização do Judicial, da Polícia federal , Ministério Público Federal.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!