A série “Demolidor” da Netflix foi cancelada em novembro de 2018, mais passados 18 meses de seu cancelamento, os fãs continuam em campanha para que o seriado retorne ao serviço de streaming. Até mesmo o elenco da produção está empenhado na luta para salvar a série do personagem da Marvel Comics com a hashtag #SaveDaredevil.

Contudo, a Netflix não aceitou que o personagem retornasse para uma quarta temporada, e a possibilidade do Homem Sem Medo retornar parece estar cada vez mais distante.

Enquanto a Netflix não se pronuncia sobre uma possível volta do personagem, a Coreia do Sul apresenta um produto com muitos pontos em comum com Demolidor.

O drama “Rugal” também está no catálogo da plataforma de streaming. A produção é inspirada em uma famosa série de quadrinhos de mesmo título.

A série acompanha o policial de nome Kang Ki Beom (Choi Jin-hyuk) que tenta derrubar uma organização criminosa conhecida como Argos. Suas investidas contra a organização criminosa chamam a atenção dos bandidos, então os criminosos como forma de vingança cegam Kang Ki Beom e assassinam sua esposa.

Mais maldades

Mais a infelicidade de Kang vai mais além, o grupo criminoso deixa Kang no hospital e o incrimina do assassinato da própria esposa. Surge então uma organização secreta com o nome de NIS e recruta o homem para fazer parte de uma equipe de operações especiais.

A organização o presenteia com dois olhos artificiais que lhe dão várias habilidades especiais.

Tal como o advogado Matt Murdock, o protagonista de “Rugal” luta contra o crime fazendo uso de seus sentidos ampliados e assim como o defensor de Hell’s Kitchen, ele luta por justiça em seu trabalho todos os dias.

Outro ponto em comum com “Demolidor” são as coreografias de luta que são impressionantes, embora não tenha sido visto em sua primeira temporada nada parecido com as já clássicas cenas de luta em plano sequência que foram vistas na série do super-herói da Marvel na Netflix.

Ainda assim, as lutas são violentas o suficiente para impressionar os espectadores.

O que mostra o quão competente é a equipe de dublês da série coreana. O produtor do seriado coreano, Kang Cheol-woo, explicou no lançamento da produção que a intenção de sua obra é expandir os limites das produções da Coreia do Sul, declarou ao The Korea Herald.

Humor

Logo em sua primeira cena, a série mostra o protagonista e sua esposa sendo encontrados caídos em meio a uma poça de sangue após serem atacados. Porém a série que tem elementos de ficção científica não é o tempo todo tão séria, em alguns momentos são feitas piadas.

Realmente, é seguro afirmar que a série da Coreia do Sul não é tão sombria quanto a produção americana, o que pode fazer com ela às vezes, se aproxime do clichê. Outro ponto negativo da nova produção são suas caracterizações que por vezes parecem um pouco bregas.

Mas, o que deve realmente chamar a atenção das pessoas, além das impressionantes cenas de luta, é o afiado desejo de vingança de Kang, neste ponto, as duas séries se encontram mais alinhadas, no desejo de justiça dos dois personagens.

Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!