O WhatsApp limita em cinco o reenvio de mensagens efetuadas pelo mesmo usuário. A medida visa combater a propagação das fake news e entrou em vigência nesta segunda-feira (21) em todo o mundo.

O anúncio foi feito pela vice-presidente de comunicações do WhatsApp, Victoria Grand, em evento ocorrido em Jacarta, capital da Indonésia, nesta segunda-feira (21). O país passa por um processo eleitoral que será concluído em abril e deve ser o parâmetro para testar a eficácia da nova medida.

Com a limitação, os usuários só poderão enviar a mesma mensagem para no máximo cinco contatos ou grupos de uma única vez. A limitação anterior era de 20 outros usuários ou grupos.

A mudança surgirá na versão atualizada do aplicativo de mensagens mais usada no mundo e visa diminuir a circulação de notícias falsas. O usuário, ao tentar compartilhar um vídeo, uma foto ou um texto com mais de cinco contatos (pessoas ou grupos), receberá um alerta informando que o limite foi desrespeitado, devendo diminuir até cinco o número dos contatos que receberão a mensagem.

As restrições do envio de mensagens pelo WhatsApp

No final de 2018, alguns usuários no Brasil sentiram o impacto da mudança, que até o momento estava sendo utilizada em caráter de teste pelo WhatsApp, inicialmente o limite era de 250 contatos, devido a enorme propagação das fake news, o aplicativo reduziu para 20 o número máximo de contatos a receber a mesma mensagem, a mudança ocorreu em julho passado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Tecnologia WhatsApp

Após os casos de ameaças e até de linchamento motivados por boatos ou falsas notícias, o WhatsApp decidiu restringir ainda mais a limitação.

A Índia foi o primeiro país a ser atingido pela medida, após os constantes casos de mortes em decorrência das falsas notícias. Foram mais de 20 mortes em apenas dois meses, em todos os casos as vítimas tiveram seus nomes vinculados a alguma prática criminosa.

Medidas contra as fake news

Estimas-se que o aplicativo WhatsApp tem 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo. Comprada pelo pelo Facebook em 2014, a empresa tem buscado ao longo dos anos apresentar medidas que impeçam o uso indevido do aplicativo.

Com o crescente do uso do aplicativo nos últimos anos em todo o mundo, cresceram as preocupações com a disseminação de notícias falsas, fotos manipuladas, vídeos editados de forma a distorcer a verdade e boatos.

Em decorrência do sistema de criptografia de ponta a ponta nas mensagens, a capacidade do WhatsApp não tem controle sobre o conteúdo que circula entre os seus usuários.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo