A situação do participante Vanderson no BBB19 se complicou de vez. O homem, que ganhou apelido de Índio pelos colegas e está confinado há menos de uma semana, teve contra si três boletins de ocorrência por crimes muito graves. Um deles é um suposto estupro, outro por agressão física e um último por importunação ao pudor. As três denúncias foram feitas por mulheres diferentes na Delegacia de Atendimento à Mulher de Rio Branco, no Acre.

A delegada responsável pelo caso confirmou as denúncias e disse que o processo ainda está em fase de investigação e coleta de provas.

Publicidade

As denúncias vieram à tona logo após o participante ter revelado que viveu uma relação conturbada com uma ex-namorada e que ela foi responsável por criar notícias falsas sobre ele. A princípio, a prisão preventiva foi descartada pela delegada, já que, para tal, faz-se necessária a materialidade do caso. A autoridade também jogou para a Globo a permanência ou não do competidor Vanderson dentro do reality.

BBB Vanderson é alvo de três denúncias graves

Juliana de Angelis, delegada da Deam, também revelou que as provas serão anexadas aos autos, mas, como o caso aconteceu há cerca de dois anos, a coleta de provas pode ser demorada.

Juliana disse que está levantando junto às vítimas, fotos, imagens e testemunhas dos fatos. Sobre a acusação de agressão, a ex-namorada revelou que houve apenas uma vez e que neste momento rompeu com o homem. Ela ainda disse que Vanderson costuma ser uma pessoa amável no dia a dia, mas não gosta de ser contrariado. neste caso, ele acaba se revelando um homem agressivo e violento.

Já acusação do estupro, feito por outra mulher, deverá ser esclarecido com as oitivas das duas partes. Sobre isso, a própria delegada já solicitou à Polícia do Rio de Janeiro que interrogue o participante confinado.

Publicidade

Já a terceira acusação se deu por conta de uma importunação que Vanderson teria cometido em uma festa. Ele teria tentado a aproximação à uma garota que refutou o contato e ele então teria passado a mão nela.

Globo se pronuncia sobre o fato

A emissora que já eliminou um participante por agressão dentro da casa (Marcos Harter) e outro por um suposto estupro em um tempo passado (Daniel) se pronunciou contra qualquer tipo de violência. De todo modo, na visão da emissora, a apuração das denúncias precisa ser feita e diante das provas, a emissora poderá tomar medidas contra o participante.

Coincidência ou não, o participante, desde que recebeu as denúncias, passou a ser o último colocado e forte candidato segundo a enquete do UOL a ser eliminado.