Os jornalistas Bruno Grubertt e Leandro Oliveira, juntos há quatro anos, são apresentadores de telejornais em emissoras diferentes. Bruno apresenta o telejornal da Globo Nordeste, enquanto Leandro apresenta o telejornal na TV Jornal, afiliada do SBT em Pernambuco.

O casal decidiu morar junto há dois anos e a briga por ibope, furos de notícias e todas as peculiaridades que cercam a profissão de jornalista não fazem parte do dia a dia do casal.

Em entrevista concedida ao UOL, Leandro garante que o casal conversa muito sobre as notícias e os bastidores dos telejornais e da TV em que trabalham, mas os assuntos sobre a profissão nunca viraram motivo de discórdia, a rivalidade fica apenas no ambiente de trabalho.

A relação do casal e o ambiente de trabalho

Bruno e Leandro se conheceram em 2004, nos bastidores da TV Morena, emissora do Mato Grosso do Sul, afiliada da TV Globo, onde ambos trabalhavam.

Leandro disse que a amizade se transformou em namoro e consequentemente em união estável, e que pretende viver eternamente ao lado do companheiro.

Diante do novo relacionamento, o casal decidiu deixar Campo Grande, capital mato-grossense, e seguir viagem para Recife (PE). Na nova cidade, os dois tomaram caminhos profissionais diferentes. Grubertt foi trabalhar na Globo Nordeste, onde teve a oportunidade de atuar como repórter, com o destaque passou a fazer parte do rodízio de apresentadores da bancada dos telejornais.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Fofocas

Oliveira empregou-se na TV Clube, afiliada da Record, mas logo deixou a emissora e partiu para a TV Jornal, afiliada do SBT, onde exerceu a função de repórter e logo passou a apresentar o telejornal.

No mês de novembro, Bruno Grubertt apresentou o jornal "Bom Dia Pernambuco", que vai ao ar diariamente, das 5h30 às 7h30, horário em que o marido entra no ar apresentado o jornal "Notícias da Manhã", no SBT.

Bruno disse que o casal vive feliz e que a concorrência das emissoras não contamina o relacionamento construído com muito diálogo e respeito. Para o jornalista, é normal que o casal comente como determinado tema tenha sido abordado por uma e outra emissora, e que é natural que eles se ajudem, opinando e trocando ideias sobre como se colocar diante das câmeras e se posicionar diante de alguma notícia, mas sempre respeitando as peculiaridades de cada emissora, bem como a postura profissional de cada um.

Afinal de contas, segundo Bruno, faz parte do dia a dia a conversa sobre o trabalho no ambiente doméstico.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo