Na tarde desta terça-feira (12) a assessora da vocalista do conjunto Fat Family, Deise Cipriano, de 39 anos, informou à revista Quem que a cantora faleceu hoje, um dia após dar entrada na UTI do Instituto do Câncer de São Paulo. A cantora foi diagnosticada em agosto do ano passado com um câncer no fígado e lutava contra a doença desde então, chegando a ficar internada por três vezes na UTI.

Depois de uma temporada no hospital, fazia apenas um mês que a vocalista estava em casa realizando exames de rotina e sessões de quimioterapia, a última delas realizada no dia 31 de janeiro deste ano.

Publicidade

O problema se agravou quando a cantora começou a enfrentar dificuldades para se alimentar, sentir náuseas e ter febre. Então, ela foi encaminhada ao Centro de Atendimento de Intercorrências Oncológicas (CAIO), em São Paulo, e na segunda-feira (11), iniciou sua terceira internação na UTI do Instituto do Câncer de São Paulo.

Nesta terça-feira (12), o quadro de Saúde da cantora piorou, e segundo informações da sua assessora, Suh Souza, Deise teve que ser sedada e entubada para controlar uma falta de ar e sua pressão arterial.

Após o atendimento médico, a pressão arterial e a falta de ar voltaram à normalidade, mas Deise ficou em coma por algumas horas antes de entrar em óbito, de acordo com informações do programa "A Tarde é Sua", na RedeTV!. No ano passado, durante sua primeira internação, a cantora também chegou a ficar em coma por 19 dias por causa do câncer, mas conseguiu reagir.

Conheça mais sobre o conjunto musical Fat Family

Fat Family é uma banda que foi criada na cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo, e inicialmente era composta apenas pelos irmãos Sidney, Celinho, Celinha, Simone, Suzetti, Kátia e Deise Cipriano.

Publicidade

Mas após o lançamento do segundo álbum, em 1999, a banda ganhou uma nova integrante: a ex-enfermeira Suely. O conjunto ganhou rapidamente destaque no Brasil por suas tradicionais músicas no estilo gospel negro estadunidense.

O auge do sucesso da banda aconteceu no final da década de 90, quando começaram a se apresentar em programas de televisão da época e refletiam ao público a suas inspirações em grupos vocais norte-americanos do estilo gospel. Outra característica forte do conjunto foi a "coreografia do pescoço", que todos tentavam imitar, mas julgavam difícil.

A canção "Jeito Sexy” foi o primeiro sucesso da banda e foi lançada já em seu primeiro álbum, em 1998. Somente com o primeiro álbum, o conjunto musical conseguiu vender mais de 250 mil cópias. Outro sucesso desta primeira obra foi a canção "Onde Foi Que Eu Errei?", que chegou a ser tema de uma personagem na novela "Torre de Babel", da Rede Globo. Após o lançamento do álbum, naquele mesmo ano, o grupo musical também teve a oportunidade de fazer uma participação especial no seriado "Sai de Baixo".

Publicidade