Gabriel Diniz, que ficou conhecido nacionalmente após estourar o hit "Jenifer" no Carnaval deste ano, faleceu nesta segunda-feira (27), após acidente aéreo em Estância (SE). Logo após a fatalidade, fotos do corpo do cantor começaram a ser compartilhadas nas redes sociais e causaram revolta nos fãs. Whindersson Nunes, amigo de Gabriel, manifestou-se na web e pediu que internautas não tivessem esse tipo de ação, respeitando a morte do artista.

Fãs de Gabriel Diniz pediram respeito

Gabriel Diniz estava na região Nordeste do país cumprindo sua agenda de show e subiu ao palco pela última vez em Feira de Santana, cidade localizada a cerca de 100 quilômetros da capital Salvador, na Bahia.

Nas redes sociais, na manhã desta segunda-feira (27), o sertanejo compartilhou com os fãs um vídeo onde aparece dentro da aeronave, que acabou caindo momentos depois.

O cantor pretendia deixar a capital baiana e seguir para Alagoas, onde encontraria a namorada, que está aniversariando hoje, segundo relataram amigos de Gabriel Diniz.

Infelizmente, o destino e a vida do sertanejo acabaram sendo interrompidos no meio do caminho após o monomotor cair em uma região de mangue em Sergipe. Moradores do local contaram que viram o avião sobrevoar a área, e, logo em seguida, cair, o que chamou a atenção pelo o estrondo.

Documentos de Gabriel Diniz foram encontrados no local logo após o acidente, e não demorou muito para que as imagens fossem divulgadas nas redes sociais, como acabou acontecendo com o corpo do sertanejo, causando revolta na maioria dos internautas.

Whindersson Nunes fez pedido

Com a morte de Gabriel Diniz confirmada pela assessoria do artista e divulgada pela imprensa, vários Famosos prestaram a última homenagem ao cantor e lamentaram a tragédia. Whindersson Nunes, famoso youtuber, também se manifestou através de suas redes sociais e se despediu do amigo.

"Deus conforte a família dos pilotos, as esposas, os pais e mães", escreveu o humorista, que relembrou a primeira vez que conheceu o cantor quando ainda estava iniciando a carreira.

Whindersson citou a generosidade de Gabriel, que teria aparecido de surpresa no meio de sua apresentação, e disse que jamais esqueceria aquele dia.

O humorista, que tomou conhecimento das fotos que estariam sendo vazadas do corpo do sertanejo, aproveitou a ocasião para pedir que os internautas não fizessem o compartilhamento do conteúdo e classificou como "crueldade" o que algumas pessoas estariam fazendo na web.

"Não compartilhem fotos desse momento triste", escreveu Whindersson.

Vale ressaltar que a divulgação de vídeos ou fotos de pessoas mortas sem autorização é crime. De acordo com o Conselho Nacional de Justiça, a pena prevista é detenção de 1 a 3 anos, além de multa.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!